Notícias do Colégio, Concursos e Vestibulares. Sejam todos bem vindos!

Archive for 01/05/14 - 01/06/14

100 anos da Primeira Guerra Mundial: as sequelas da guerra que deram origem ao mundo moderno

A Primeira Guerra é uma espécie de patinho feio da cultura popular. Só para ter uma ideia, a Wikipedia lista 70 filmes sobre o conflito. A Segunda Guerra tem 539. É fácil entender por que ela não rende muito entretenimento. Soldados atolados em trincheiras ou forçados a avançar inutilmente contra metralhadoras dificilmente são material para um blockbuster. As máquinas eram poucas, lentas e desengonçadas. E, se a Alemanha faz as vezes de vilão, o kaiser Guilherme parece um monge tibetano se comparado a Adolf Hitler. A ausência é injusta. O mundo de hoje foi parido pelo massacre.
Destruição em massa
Num mundo dominado pelos Estados Unidos, os assuntos que pautaram todas as questões internacionais da década passada foram norte-americanos: o combate ao terrorismo e a Guerra do Iraque. Ambos têm sua origem na Primeira Guerra.
O conflito começou, afinal, por um atentado terrorista – que, em suas consequências, foi muito mais longe que aquele orquestrado pela Al Qaeda em 2001. Em 28 de junho de 1914, um rapaz de 19 anos, Gavrilo Princip, matou a tiros o arquiduque Francisco Ferdinando, herdeiro do trono do Império Austro-Húngaro. Era um ato de terrorismo suicida – após o ataque, Princip tomou uma cápsula de cianureto, que não funcionou. A ideia era forçar o império a entrar em conflito com a Sérvia – essa parte deu muito certo, levando às declarações de guerra em cascata, por meio de várias alianças, que deram início ao conflito mundial em 1914. Princip provou que, num ato de provocação, uma única pessoa podia ser capaz de mudar a História. “De diversas maneiras, o ataque ao World Trade Center foi um eco direto dessa provocação”, afirma o historia- dor Jay Winter, da Universidade de Yale.

Além do terrorismo, o radicalismo islâmico também tem origem no confronto. A queda do Império Otomano, aliado da Alemanha e Áustria-Hungria, pôs o Islã em crise. Os sultões turcos chamavam a si próprios de califas – os detentores da autoridade do profeta Maomé. Palestina, Síria, Jordânia, Líbano e Iraque passaram a ser dominados por cristãos europeus. A Arábia Saudita, primeiro país a abraçar o islamismo ultraconservador wahabita, nasceu em 1932, do vácuo de poder após a queda do império. No Egito, país dominado pelo Império Britânico desde antes da guerra, foi fundada a Irmandade Muçulmana em 1928 – considerada a precursora de todas as entidades do Islã radical. Essa é, na opinião de Winter, a mais importante consequência de toda a guerra: “A instabilidade nas zonas do antigo Império Otomano toma hoje desde o Mar Negro até o Oriente Médio e a África do Norte”.
O terror também vinha dos exércitos, na forma das armas químicas, as primeiras de destruição em massa. Os franceses começaram em 1914 com gás lacrimogêneo. No ano seguinte, ambos os lados passariam a usar versões letais. Até o fim da guerra, 88 mil soldados padeceriam, e mais de 1 milhão seriam atingidos, às vezes com sequelas para o resto da vida. Para quem se lembra de como a Guerra do Iraque começou, em 2003, com a caçada pelas “armas de destruição em massa” de Saddam Hussein, não é difícil ver o que isso implica no mundo atual.
A cultura da incerteza
O impacto brutal da Primeira Guerra foi sentido na cultura. “A Grande Guerra tomou parte do que era, comparado ao nosso, um mundo estático, nos quais os valores pare- ciam estáveis”, escreveu o historiador Paul Fussel em The Great War and Modern Memory (sem tradução). Esse mundo de valores fixos nos séculos seria uma vítima da guerra.
Primeiro, foram os jovens. Os sobreviventes receberam da escritora norte-americana Gertrude Stein a alcunha de lost generation, “geração perdida”. De acordo com ela, a expressão significava “sem rumo”, não mortos. A reação aos anos de horror, seguidos pela relativa prosperidade, foi o hedonismo. A década seguinte foi chamada pelos americanos de roaring twenties, ou “furiosos anos 20” – a era de ouro do sexo, álcool e jazz. O namoro foi inventado. O que havia antes era a “corte”: um interessado se apresentando polidamente aos pais da moça e, caso aceito, apenas conversando com ela a uma distância segura, sempre com um parente no meio para supervisionar. O ícone máximo do novo comportamento foram as flappers, as moças modernas da década de 20, que abandonaram os espartilhos e penteados por saias e cabelos curtos, e passaram a namorar, fumar e beijar em público. “Enquanto muitos lutavam para se manter nos limites das velhas normas de moda e comportamento, a nova prosperidade e mobilidade estavam movendo um caldeirão de mau comportamento”, afirma o escritor Thomas Streissguth em The Roaring Twenties (sem tradução).
A arte também se radicalizou, refletindo a nova realidade instável e violenta. O modernismo surgiu antes da Grande Guerra, mas, até os anos 20, sofria vaias quase universais dos críticos. Se as artes plásticas já tinham seus Picassos e Matisses, a arquitetura, design de objetos e, particularmente, a literatura ainda eram praticamente as mesmas da época vitoriana. Os anos 20 viram a ascensão na arquitetura e design da Art Déco, que desviava das convenções aceitas por séculos. A Alemanha tornou-se um dos maiores centros da vanguarda estética, com o expressionismo alemão e a Bauhaus, que buscou eliminar toda a decoração inútil dos objetos cotidianos – uma das origens e mantras do design moderno. Isso tudo para grande constrangimento dos nazistas, que tentaram banir o modernismo após subir ao poder.
Fim do domínio europeu

O historiador britânico Eric Hobsbawn marcava a Primeira Guerra como o fim do que ainda se ensina no Brasil como “Era Contemporânea”, período iniciado na Revolução Francesa. Para ele, o confronto marca o nascimento do “Curto Século 20”, que acabou com o fim da União Soviética, em 1991. Quando o conflito se iniciou, ainda se vivia no tempo de reis, condes e marqueses. O centro de poder do mundo era essa velha Europa, que dominava incríveis 80% da área do mundo com suas possessões coloniais.
Três grandes impérios morreram de uma vez: a Alemanha, o Austro-Húngaro e o Otomano. Ainda que França e Grã-Bretanha tenham terminado herdando as terras dos vencidos, essas colônias estavam com os dias contados: a obrigação de lutar ao lado de seus opressores fomentou o nacionalismo, movendo povos como indianos e egípcios a se rebelarem pela independência. Após a grande guerra seguinte, os impérios desabariam como
um castelo de cartas.
E quem daria as cartas no século apareceu então. “A Primeira Guerra anunciou o fim da dominação europeia, pois os verdadeiros vencedores foram Estados Unidos e Japão”, afirma a historiadora Sally Marks, autora de diversos livros sobre o conflito. Ao entrarem na guerra, os EUA quebraram uma velha tradição de não intervenção em assuntos europeus, que vinha desde sua fundação. A Primeira Guerra foi a primeira vez que o país mandou tropas para impor a democracia. “A noção de que se pode criar democracia e, portanto, paz, é de Woodrow Wilson”, afirma o historiador Jay Winter. “George Bush era basicamente um wilsoniano.” Além de sair de seu armário isolacionista, os Estados Unidos mantiveram sua estrutura intacta no conflito, enquanto todas as potências europeias tiveram de se reconstruir. O que foi feito, em grande parte, com dinheiro americano, que também havia financiado suas armas durante a guerra. “Os Estados Uni- dos foram transformados pela guerra de um país devedor em credor, uma posição que mantém ainda hoje”, diz Winter.
Lutando do lado dos aliados, o Japão derrotou as forças da Marinha alemã no Pacífico, ganhando colônias e, pelo apoio prestado, conseguindo a aceitação europeia para seu domínio sobre a Ásia. “Havia muita simpatia pelo país como o representante do Ocidente civilizado no Oriente bárbaro”, afirma Sally Marks. Indiretamente, essa é a razão por que a pátria de guerreiros tornou-se a colorida e pacífica democracia atual. A pretensão imperial desencadearia a trágica participação do Japão na Segunda Guerra do lado errado, levando à derrota e reconstrução sob supervisão americana.
Mas talvez a mais importante novidade foi a União Soviética, país nascido do conflito. A rebelião começou como uma revolta contra os fracassos em campo de batalha, que levou à abdicação do czar em fevereiro, seguida por uma revolução dentro da revolução, em 7 de novembro, comandada pelos bolcheviques. O poder soviético pautou o debate político do século 20, e seus fantasmas ainda assombram o mundo – a recente crise na Ucrânia e as reações à incorporação russa da Crimeia fazem eco a vários medos tidos por superados.

Aventuras na História
29 de maio de 2014
Posted by Marcus Vinicius Cunha de Souza

Univasf lança edital de processo seletivo para curso de Medicina do Campus Paulo Afonso (BA)

A Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf) lançou o Edital Nº 39/2014 referente ao Processo Seletivo para Ingresso no Curso de Graduação Presencial de Medicina do Campus Paulo Afonso/BA (PS-ICG 2014.2). Estão sendo ofertadas 40 vagas com ingresso no segundo semestre letivo de 2014. As inscrições serão realizadas a partir da próxima segunda-feira (2), por meio do Sistema de Seleção Unificada (Sisu), e seguem até a quarta-feira (4). No processo seletivo, será utilizada, exclusivamente, a nota obtida no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem 2013).

Do total das vagas do PS-ICG 2014.2, 50%, no mínimo, estarão reservadas para candidatos que tenham cursado integralmente o Ensino Médio em escolas públicas, em cumprimento à Lei n° 12.711/12; e o restante para a ampla concorrência. Das vagas reservadas, metade será destinada aos candidatos com renda bruta igual ou inferior a um salário mínimo e meio por pessoa. O restante das vagas reservadas será destinado a alunos de escolas públicas com qualquer renda familiar.

Nestes dois grupos, ainda serão reservadas as vagas aos autodeclarados, considerando, no mínimo, a soma dos percentuais de pretos, pardos e indígenas do estado em que o curso é ofertado. As porcentagens de reservas de vagas destinadas a estes candidatos são determinadas de acordo com o Censo Demográfico 2010 do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) para o estado da Bahia, conforme quadro disponível no Edital do Processo Seletivo.

Os pesos e as notas mínimas estabelecidas pela Univasf para cada uma das provas do Enem, assim como a documentação necessária para a matrícula, devem ser consultados pelos candidatos no Termo de Adesão ao Sisu 2º/2014. Mais informações podem ser obtidas pelo site da SRCA. 

Univasf
Posted by Marcus Vinicius Cunha de Souza
Tag :

Sisu abre em 02/06 inscrições para edição 2014.2

As inscrições para a segunda edição deste ano do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) serão abertas na próxima segunda-feira (2/06). Poderão participar os estudantes que tenham feito a prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2013 e obtido nota acima de zero na redação.

A inscrição é gratuita e poderá ser feita apenas pela internet (sisu.mec.gov.br) até o dia 4 de junho.

O cronograma do Sisu foi publicado na edição de hoje (27) do Diário Oficial da União e pode ser conferido no site pesquisa.in.gov.br. O resultado da primeira chamada será divulgado no dia 6 de junho e o da segunda chamada, no dia 24.

O estudante poderá concorrer a até duas opções de vaga e, ao longo do período de inscrição, pode alterar as opções de curso. Os candidatos que não forem convocados nas duas chamadas poderão integrar a lista de espera.

O Sisu é o sistema informatizado do Ministério da Educação no qual instituições públicas de ensino superior oferecem vagas para candidatos participantes do Enem. A seleção tem duas edições a cada ano.
 
Seja Bixo
Posted by Marcus Vinicius Cunha de Souza
Tag :

SiSU abre consulta de vagas do meio do ano

O site do Sistema de Seleção Unificada (SiSU) disponibilizou, nesta quarta-feira, a consulta de vagas oferecidas na seleção do meio de ano. Os candidatos poderão optar entre cursos de 66 instituições de ensino superior, sendo 32 universidades federais, 28 institutos federais e 6 universidades estaduais.  As vagas podem ser consultadas na página do Sistema.
As inscrições para a seleção de meio de ano serão abertas na próxima segunda-feira (2) e poderão ser realizadas até as 23h59 do dia 4 de junho. Os estudantes poderão fazer até duas opções de curso e não precisarão pagar a taxa de inscrição. Podem participar, neste processo seletivo, apenas estudantes que tenham realizado o Enem 2013 e que não tenham zerado a redação.
As notas de corte dos cursos serão divulgadas durante o período de inscrições, possibilitando que os candidatos alterem suas escolhas, caso julguem necessário. Os candidatos também poderão optar por concorrer através do sistema de cotas.
A primeira chamada do processo seletivo de meio de ano será divulgada no dia 6 de junho. As matrículas deverão ser realizadas entre os dias 9 e 13 do mesmo mês. A segunda chamada e a inscrição na lista de espera estão programadas para o dia 24 de junho.

InfoEscola
28 de maio de 2014
Posted by Marcus Vinicius Cunha de Souza
Tag :

ENEM: Quarta-feira, 28, é data-limite para taxa de inscrição ser paga

A partir desta segunda-feira, 26, o pagamento da taxa de inscrição no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), no valor de R$ 35, pode ser feito também nas unidades do Banco Postal dos Correios e na rede Mais Banco do Brasil, formada pelos correspondentes bancários dessa instituição em estabelecimentos comerciais. Seguem recebendo o pagamento as agências do Banco do Brasil. O pagamento confirma a inscrição no exame pelos estudantes não isentos. O prazo final é a próxima quarta-feira, 28.
Estão isentos do pagamento os estudantes de instituições da rede pública e os candidatos que se declarem financeiramente carentes.
O Enem de 2014 será realizado em 1.699 municípios. Tanto no sábado, 8 de novembro próximo, quanto no domingo, 9, os portões de acesso aos locais de provas serão abertos às 12 horas e fechados às 13 horas, de acordo com o horário de Brasília.
A nota obtida no Enem é critério de acesso à educação superior, por meio do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) e do Programa Universidade para Todos (ProUni). É também requisito para obtenção do benefício do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies), participação no programa Ciência sem Fronteiras e em seleções para bolsas de graduação-sanduíche da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes).
Com a nota do Enem, o estudante também pode se candidatar a vagas gratuitas de cursos técnicos oferecidos pelo Sistema de Seleção Unificada da Educação Profissional e Tecnológica (Sisutec). Estudantes maiores de 18 anos podem obter a certificação do ensino médio por meio do exame. 

MEC
26 de maio de 2014
Posted by Marcus Vinicius Cunha de Souza
Tag :

Com mais de 9 milhões de registros, Enem encerra inscrições

O prazo para a inscrição na edição 2014 do Exame Nacional do Ensino Médio terminou nesta sexta-feira (23), às 23h59, mas candidatos que não têm isenção na taxa de inscrição podem pagar o boleto de R$ 35 até a próxima quarta (28). Só então que o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep) deve divulgar o número oficial de pessoas aptas a fazer a prova, que neste ano será realizada nos dias 8 e 9 de novembro. No último balanço divulgado pelo Inep, às 20h desta sexta, o sistema registrava 9.091.013 candidatos – número que, se confirmado, representará um recorde. Em 2013, 7,8 milhões de alunos fizeram a inscrição, mas, como muitos não pagaram a taxa, no final 7,1 milhões de candidatos puderam prestar o exame. Nos dias do Enem, compareceram efetivamente mais de 5 milhões de estudantes. Segundo informou o MEC, os candidatos que não compareceram às provas do ano passado e se inscreverem novamente em 2014 receberão uma mensagem do governo que alerta sobre o problema de faltar ao Enem mais uma vez. Dados levantados pelo governo mostram que a maioria dos ausentes são pessoas que não precisam pagar a taxa de inscrição – como treineiros, que ainda não terminaram o ensino médio, e adultos que já acabaram o terceiro ano e trabalham. Em 2013, o governo estima que cerca de 30% dos candidatos inscritos no Enem não chegaram a fazer os dois dias de prova. O prejuízo com os faltantes, no ano passado, foi de R$ 58 milhões, calcula o MEC. De acordo com o MEC, serão impressas 18,3 milhões de provas (incluindo normal, ampliada, ledor e braile – estas três últimas, para quem tem diferentes graus de deficiência visual) em 1.699 municípios do país. Informações do G1.
24 de maio de 2014
Posted by Marcus Vinicius Cunha de Souza
Tag :

Prazo para se inscrever no Enem 2014 termina nesta sexta-feira

Hoje, 23 de maio, às 23h59 acaba o período de inscrições na edição 2014 do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). O início foi na semana passada, 12. A taxa é de R$ 35 e poderá ser paga até quarta-feira, 28. Segundo dados do Minsitério da Educação (MEC) divulgados na tarde de ontem, 22, mais de 7 milhões de pessoas já haviam feito a inscrição no Enem.
Isenções serão concedidas por estudantes de escolas públicas e por aqueles que declararem carência, após preencher o questionário socioeconômico. Ao final da inscrição o sistema indica se o pedido foi aprovado ou não.
Membros de famílias com renda de até meio salário mínimo por pessoa (R$ 362) ou total de até três salários mínimos (R$ 2.172) e quem fez o Ensino Médio na rede pública ou particular com bolsa integral e que possua renda familiar per capita de até 1,5 salário mínimo (R$ 1.086) se enquadram na isenção.
Desde a última semana o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep) pediu para que os interessados não deixassem as inscrições para a última hora e informou que os melhores horário para acessar o site são até às 9h, entre 14h e 17h e após 21h. Segundo o órgão, o sistema suporta até 200 mil acessos simultâneos.

Brasil Escola
23 de maio de 2014
Posted by Marcus Vinicius Cunha de Souza
Tag :

Inep divulga melhores horários para se inscrever no Enem

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) divulgou, pelo Twitter, os melhores horários para se inscrever no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Segundo a autarquia, o acesso é mais fácil até as 9h da manhã, entre as 14h e as 17h e após as 21h.
Nesses horários, há menos acessos e mais facilidade em usar o sistema. O período de inscrição começou ontem (12) e vai até o dia 23 de maio pela internet. Segundo o último balanço do Inep, foram feitas 653 mil inscrições nas primeiras 24 horas.
Também pelo Twitter, os candidatos reclamaram do congestionamento do site. Uma usuária escreveu: "2ª tentativa de inscrição no site do Enem e, como tudo no Brasil, não funcionou". "Aliás, não tem que haver melhores horários, e sim um sistema que atenda a demanda sempre!", reforçou. Outro reclamou: "Nossa, cada vez mais complicado se inscrever no #Enem2014. Finalizar a Inscrição é como um pulo no escuro. Paciência!".
Por meio da assessoria de imprensa, o Inep afirmou que o sistema está operando dentro da normalidade, com capacidade de 200 mil acessos simultâneos, e orientou os candidatos a continuarem tentando. De acordo com o instituto, casos de candidatos que não conseguem concluir a inscrição são pontuais.

Ultimo Segundo
13 de maio de 2014
Posted by Marcus Vinicius Cunha de Souza
Tag :

MEC autoriza 420 novas vagas de medicina em universidades federais

O Ministério da Educação (MEC) autorizou a abertura de oito novos cursos de medicina em campi de universidades federais localizadas em cidades do interior do país. Ao todo, serão oferecidas 420 vagas. A portaria foi publicada nesta terça-feira (13) no "Diário Oficial da União".
A Bahia vai receber três novos cursos de medicina e um total de 160 vagas. A Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf) terá um curso com 40 vagas em Paulo Afonso; a Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB) abrirá 80 vagas em Teixeira de Freitas; e a Universidade Federal do Oeste da Bahia (Ufob) colocará à disposição 40 vagas em Barreiras.
Ainda no Nordeste, a Universidade Federal do Piauí (UFPI) terá curso de medicina com 40 vagas em Parnaíba. A mesma quantidade será oferecida pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), no campus de Caicó.
No Centro-Oeste, a Universidade Federal de Goiás (UFG) poderá abrir um curso de medicina com 60 vagas no campus de Jataí. Na Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS), fica autorizada a criação de 60 vagas em Três Lagoas.
No Sudeste, a Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri (UFVJM) teve autorizada a criação de 60 vagas para bacharelado em medicina no campus de Teófilo Otoni (MG).
A iniciativa do MEC acompanha o objetivo da lei do programa Mais Médicos, que foi sancionada pela presidente Dilma Rousseff no ano passado e, entre outras coisas, prevê a criação de 11.447 vagas em faculdades de medicina até 2017. Em dezembro do ano passado, o ministério já havia autorizado a abertura de 560 novas vagas do curso em universidades federais.

Fala Bahia
Posted by Marcus Vinicius Cunha de Souza
Tag :

SEC disponibiliza conteúdos digitais para o Enem

Estão abertas as inscrições para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Para contribuir na preparação dos estudantes da rede estadual, a Secretaria da Educação do Estado da Bahia disponibiliza mais de 2 mil conteúdos digitais educacionais que complementam as aprendizagens na escola. Basta acessar: www.educacao.ba.gov.br/revisaoenem. As inscrições podem ser feitas até 23 de maio e as provas serão aplicadas nos dias 8 e 9 de novembro.

Na página do Portal da Educação, é possível acessar, por exemplo, jogos e videoaulas, que apresentam diferentes assuntos abordados pelos professores em sala de aula. A página também disponibiliza simulado, aulas de revisão e dicas do Professor Web. Além disso, por meio do programa É Bom Saber, é possível ter acesso a conteúdos que tratam de questões como globalização, revolução tecnológica, catástrofes naturais e, ainda, assistir a aulas de física, química, literatura e matemática, entre outros.

As escolas da rede pública estadual de ensino da Bahia também traçam estratégias para abordar as questões relacionadas ao Enem, por componente curricular. Neste período de inscrições, as unidades escolares mobilizam os estudantes, prestando orientações sobre os procedimentos necessários para participação nas provas e, também, planejando atividades, como aulões e simulados, que serão realizadas no decorrer do ano letivo a fim de reforçar a preparação para o exame.

No bairro de Pau da Lima, o Colégio Estadual David Mendes Pereira vai repetir o projeto Se Liga no Enem, realizado em 2013. “O projeto deu certo no ano passado, e, neste ano, vamos reeditar os aulões especiais, com a participação de professores da casa e convidados”, contou o vice-diretor da unidade escolar, Orlando Rosário.

Já no Colégio Estadual Edvaldo Brandão Correia, em Cajazeiras IV, além dos aulões, aos sábados, está previsto, também, um simulado na reta final da preparação. “Todos os anos realizamos um simulado, seguindo o modelo do Enem. Os estudantes fazem a prova em dois dias e respeitamos a mesma carga horária e rituais, como o fechamento dos portões”, relatou a vice-diretora Rosane Santos Ferreira.

Estudantes da rede pública de ensino e pessoas cuja renda familiar seja de até 1,5 salário mínimo per capta (R$ 1.086,00) estão isentos da taxa de inscrição. Para os demais estudantes, a taxa de inscrição é R$ 35,00 e deverá ser paga até o dia 28 de maio. Para mais informações, basta consultar o Edital do Inep, no Portal do MEC.

Enem 2014

O Exame Nacional do Ensino Médio é uma prova realizada pelo Ministério da Educação do Brasil, utilizada para avaliar a qualidade do ensino médio no País. Além disso, o resultado é utilizado, também, para o acesso ao ensino superior em universidades públicas brasileiras por meio do Sistema de Seleção Unificada (Sisu). A prova também é feita por aquelas pessoas com interesse em ganhar bolsa parcial ou integral em universidades particulares por meio do ProUni.

SEC
12 de maio de 2014
Posted by Marcus Vinicius Cunha de Souza
Tag :

Inscrições para o Enem 2014 são abertas Prazo vai até 23 de maio

O sistema de inscrições para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2014 foi aberto às 9h desta segunda-feira (12). As inscrições podem ser feitas até as 23h59 do dia 23, no site http://sistemasenem2.inep.gov.br/inscricaoEnem/. O exame será realizado nos dias 8 e 9 de novembro, e a expectativa é que até 8,2 milhões de estudantes se inscrevam este ano. Os candidatos podem tirar dúvidas sobre a inscrição em um passo a passo produzido pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep), autarquia do Ministério da Educação (MEC) responsável pelo exame, no site enem.inep.gov.br.
Em 2013, mais de 7,1 milhões de candidatos se inscreveram no Enem e mais de 5 milhões fizeram as provas. A taxa de inscrição não mudou – continua R$ 35 –, e o pagamento do boleto deve ser feito até o dia 28 de maio. Ficam isentos da cobrança todos os alunos de escola pública ou que comprovarem renda familiar mensal inferior a R$ 1.086.
Assim como nos anos anteriores, o Enem ocorrerá em dois dias seguidos. No sábado, dia 8, os participantes farão as provas de ciências humanas e ciências da natureza, entre as 13h e as 17h30 (horário de Brasília). No domingo, dia 9, serão aplicadas as provas de linguagens e códigos, matemática e redação. Nesse dia, o tempo de exame será mais longo, entre as 13h e as 18h30 (horário de Brasília).
Segundo o MEC, serão impressas 18,3 milhões de provas (incluindo normal, ampliada, ledor e braile – estas três últimas, para quem tem diferentes graus de deficiência visual) em 1.699 municípios do país. Este ano, 785 mil funcionários vão ajudar na realização do Enem, entre coordenadores de locais de aplicação, assistentes de coordenação, chefes de sala, fiscais e apoio. Em todo o Brasil, haverá 16,6 mil locais de prova.
 
CRONOGRAMA DO ENEM 2014
INSCRIÇÕES

12 de maio (às 10h): início das inscrições

23 de maio (às 23h59): fim das inscrições

28 de maio: último dia para pagar a taxa de R$ 35
PROVAS

8 de novembro (das 13h às 17h30, horário de Brasília): provas de ciências humanas e ciências da natureza

9 de novembro (das 13h às 18h30, horário de Brasília): provas de linguagens
e códigos, matemática e redação.
 
 G1
Posted by Marcus Vinicius Cunha de Souza
Tag :

Campeonato Interclasse do Modelo começa amanhã, 09/05

Nesta sexa-feira, 09/05, terá início o Campeonato Interclasse do Colégio Modelo. O evento integra os Jogos Estudantis da Rede Pública (JERP), da Secretaria de Educação, sendo essa disputa interna correspondente a 1ª fase do Projeto.
Na 2ª fase,  a microrregião será dividida em polos de disputa. Xiquexique será um dos polos onde sediará os jogos dos colégios estaduais das cidades de Central, Gentio do Ouro, Itaguaçu, e a própria Xiquexique. Essa fase acontece entre os meses de Julho e Setembro.
Os campeões e vices de cada modalidade deste polo, irão disputar as grandes finais com os representantes dos outros polos no final de outubro, em Irecê. As finais correspondem à 3ª fase do Jerp.

No interclasse deste ano contaremos com a quadra reformada, para garantir uma disputa com maior qualidade. 

Contamos com a presença/participação de vocês!

8 de maio de 2014
Posted by Marcus Vinicius Cunha de Souza

Inscrições para o ENEM começam dia 12/05

O MEC/INEP divulgou um cronograma do ENEM 2014. Acompanhe abaixo:

#Enem2014
Publicação do Edital: 09 de maio
Período de Inscrição: De 12 a 23 de maio

Datas das Provas

1º dia (08 de novembro) – sábado
Ciências Humanas e Ciências da Natureza.

2º dia (09 de novembro) – domingo
Linguagens, Códigos e suas Tecnologias, Redação e Matemática.

MEC
Posted by Marcus Vinicius Cunha de Souza
Tag :

Sugestão Musical - Inner Circle


Inner Circle é uma banda Jamaicana de reggae formada em 1968 pelos irmãos Ian e Roger Lewis. Por ela já passou um dos maiores vocalistas do estilo: Jacob Miller. Apesar do grande prestígio no meio musical de Jacob Miller, o auge da banda veio com seu substituto: Carlton Coffie. É dele a interpretação desse clássico, Black Roses, um dos reggaes mais bonitos que já ouvi. Confiram!


Posted by Marcus Vinicius Cunha de Souza

Inscrições para Vestibular do segundo semestre da UEFS vão até às 18 horas

Às 18h desta quarta-feira, 8 de maio, termina o prazo para se inscrever no Processo Seletivo (ProSel) 2014/2 da Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs). Ele começou em 10 de abril. A oferta é de 920 vagas.
Isenções foram solicitadas entre 19 de fevereiro e 6 de março, o resultado foi publicado em 8 de abril. Foram 3.500 benefícios ofertados. A taxa de R$ 90 poderá ser paga até amanhã, 9 de maio. As vagas estão distribuídas entre 25 cursos.
Metade dos postos é destinado para o sistema de cotas, que beneficia estudantes que cursaram todo o Ensino Médio e, pelo menos, dois anos do Fundamental em escolas públicas. Outras 50 vagas, duas em cada curso, são para membros de comunidades indígenas e quilombolas.
Em 8 de julho será disponibilizado o Cartão de Convocação, com os locais das provas que serão aplicadas entre os dias 20 e 22 seguintes. A universidade ainda não informou a data de divulgação do resultado final. Outros detalhes no Edital ou por meio dos telefones (75) 3161-8224 /8030.

Brasil Escola
Posted by Marcus Vinicius Cunha de Souza
Tag :

Perfil

Minha foto
Marcus Vinicius Cunha de Souza
Visualizar meu perfil completo

Postagem em destaque

"O Bom filho à casa torna"

Boa noite meus amigos! Depois de mais de seis meses voltei a postar neste blog. Os motivos foram dos mais diversos: casamento, filho, co...

Frases

Poesia do Dia

Total de visualizações

Imagem do Dia

Seguidores Facebook

Seguidores

Seguidores G+

Concursos

Colégio Modelo de Xiquexique. Tecnologia do Blogger.

- Copyright © Colégio Modelo de Xiquexique -Metrominimalist- Powered by Blogger - Designed by Johanes Djogan -