Notícias do Colégio, Concursos e Vestibulares. Sejam todos bem vindos!

Archive for 01/02/14 - 01/03/14

Concurso Petrobrás: Nivel Médio e Superior

A Petrobras divulgou nesta quinta, dia 20 de fevereiro, o edital do concurso para cargos dos níveis médio e superior. As ofertas de vagas imediatas e para formação de cadastro. No nível médio, as oportunidades são para os cargos de técnico em diversas especialidades (tais como de exploração de petróleo, de inspeção de equipamentos, de logística de transporte, de operações e de segurança, entre outros, e com exigência de cursos técnicos), com a abertura de 89 vagas imediatas e 1 mil oportunidades em cadastro. No nível superior, serão selecionados médicos do trabalho e engenheiros (de ambiente e de produção). Neste caso, há 11 vagas imediatas e 132 em cadastro.
Os vencimentos iniciais  são de R$3.400,47 a  R$8.081,98 . Os servidores serão lotados nos estados de PE, AM, CE, RN e RS, além das cidades do Rio de Janeiro, Macaé, São Paulo, Salvador, Santos, Belo Horizonte, Curitiba, Mauá, Paulínia, São José dos Campos e São Mateus do Sul. As inscrições serão recebidas a partir da próxima segunda, 24 de fevereiro, com atendimento aos interessados até 17 de março, na página da Fundação Cesgranrio, organizadora. As taxas são de R$40 (para cargos de nível médio) e de R$58 (superior). A aplicação das provas está marcada para 18 de maio. O concurso terá validade inicial de seis meses,prorrogável por igual período.
 
Fonte: Cesgranrio
20 de fevereiro de 2014
Posted by Marcus Vinicius Cunha de Souza
Tag :

O afoxé é uma das marcas do negro na Bahia e fruto de uma herança cultural que permanece em processo de transformação

Por Jaime Sodré
Os elementos de matrizes africanas implementados, em especial, no Brasil traduzem misto de afirmação e desafios diante de uma sociedade que idealizava um país de características europeias, de “refino e civilidade”. Entre os elementos de caracterização da contribuição africana ao nosso “ser de brasilidade”, encontramos o Desfile de Afoxés realizado em Salvador, na Bahia. Uma expressão carnavalesca, cujas raízes estão aliadas à religiosidade afro-baiana.
Bem cultural que, como signo, no entender de Ednalva Queiroz, historiadora, exige o correspondente suporte físico, “dimensão material que serve de base para a comunicação de uma estrutura simbólica que lhe dá sentido”. Ambiente onde os sujeitos atuam baseados em códigos, de acordo com o que estabelece a Constituição Brasileira, na condição de “referência à identidade, à ação, à memória dos diferentes grupos fundadores da sociedade”.

Pelo seu valor, inclui-se essa manifestação cultural no Livro Especial de Registro de Eventos e Celebrações como um ato de reconhecimento da importância desse evento e da necessária preservação, na qualidade de um acontecimento particular, peculiar, culturalmente atuante, de um patrimônio essencial e identitário para a população do estado da Bahia.    

Conforme Magnair Barbosa, também historiadora, os registros a respeito dos afoxés na Bahia datam do fim do século XIX, exatamente em 1895. Afirmamos que essa notação vincula-se ao fato de alguns clubes negros já apresentarem uma formatação carnavalesca, quando passam a “receber postulações e visibilidade”.

Em sua definição clássica, o afoxé é uma manifestação carnavalesca, “levado” pelo ritmo do “ijexá”, cadência percussiva típica dessa entidade. Integram-se a essa expressão artístico-cultural os cânticos, as indumentárias, os instrumentos musicais, além dos rituais sagrados numa preparação para o desfile, ou seja, para que o cortejo ganhe as ruas, sem problemas.

Olga Cacciatore acentua o caráter religioso do afoxé, “uma festa realizada como obrigação pelos integrantes do candomblé”, hoje mais flexível nesse item. Nina Rodrigues também se preocupou com o afoxé e afirmava que o desfile dessas entidades era “reprodução da África inculta que veio escravizada para o Brasil”, ligadas às práticas ”fetichistas” e mágico-religiosas africanas. Dizia, sem muita admiração: “Candomblé de qualidade inferior”.

Por outro lado, o médico e antropólogo Nina, como testemunha presencial, influenciado pelo cientificismo da ocasião, valorizava o desfile da Embaixada Africana, mas depreciava os Pândegos da África, que, segundo ele, “exibiam uma imagem inadequada para a Bahia”, estado empenhado em “civilizar-se”. A Embaixada Africana, admirada pelo Mestre, tinha para ele um valor superior.

Em um ambiente repressivo aos clubes africanos, eram os afoxés que utilizavam as brechas possíveis, emergentes na pós-abolição, para as exibições, sendo por vezes notificados pela elite e pela imprensa.

Inicialmente, a formatação pioneira do afoxé se constituía de arautos (músicos anunciadores), guarda branca, rei e rainha, o famoso Babalotim (boneco símbolo) e, bordado com fios de ouro sobre tecido de veludo, o estandarte, acompanhado de guarda de honra. A charanga reunia músicos que tocavam atabaques, com destaque especial para agogôs, xequerês e afoxés.

Manuel Querino, um negro estudioso das contribuições africanas que assim se expressara a respeito do desfile dos Pândegos da África no carnaval de 1897, informava que o tema remetia à festa realizada em janeiro em Lagos, na Nigéria, que se chamava Domurixá, a festa da rainha, reafirmando e vinculando os elementos dessa entidade à realidade africana.

Os clubes Embaixada Africana e Pândegos da África, chamados de afoxés, possuíam organizações diferenciadas, considerados “os mais inteligentes adaptados à civilização”. As festas carnavalescas da Bahia evidenciavam os clubes organizados por africanos, negros, crioulos e mestiços. Nesses anos, os clubes ricos e importantes foram Embaixada Africana e Filhos da África, mas havia incontáveis grupos de africanos e os máscaras negras isolados, dizia Nina Rodrigues.

No ano de 1902, os afoxés pediram licença à prefeitura de Salvador para realizar um desfile, mas as autoridades negaram. Esse fato fora debatido pela imprensa e a proibição traduzia um debate político e racial na disputa por espaços entre a elite branca e os negros libertos.

O Jornal de Notícias reclamava: “A nossa polícia não se dignou ainda a providenciar para que nas próximas festas carnavalescas a Bahia não ofereça o triste espetáculo de outros anos...”. Dentro desse clima, assim respondeu o senhor Chefe de Polícia e Segurança Pública, afirmando que nenhum clube poderia sair às ruas sem autorização prévia da polícia. Em sua portaria, ele notificava que “a exibição de clubes de costumes africanos, candomblés” estava absolutamente proibida.

É de fundamental importância compreender o contexto conflituoso entre a elite branca e a população negra, para entendermos as estratégias que objetivavam a manutenção das tradições festivas negras. Os traços excludentes não cessaram com a instalação da República, quando as demarcações de privilégios para brancos e de proibições para negros se mantiveram. As características da sociedade senhorial, visivelmente excludente e até mesmo racista, perduravam na Bahia.

O carnaval iria instalar-se naquele estado às vésperas da República, em 1884, até quando nos dias precedentes à Quaresma se festejava o entrudo português, que chegara à Bahia na primeira metade do século XVII. Um “carnaval luso” objetivava “polir as manifestações populares”, medida que pretendia excluir as manifestações lúdicas negras.

As práticas culturais negras eram tidas como “africanismos”, termo carregado do estigma de ações perigosas e, por isso, reprimidas. Na sociedade da época, os negros, com suas “africanidades”, isto é, práticas e costumes festivos ou sociais, eram associados à imoralidade, à pobreza e à subversão.

Apesar dessa visão distorcida, o afoxé tem o seu valor irrefutável como um componente da criatividade artística, cultural e melódica brasileira. O afoxé é uma marca sociocultural do negro na Bahia e fruto de uma herança cultural dinâmica, em permanente processo de transformação e ressignificação. Em um ritmo cadenciado do ijexá, o Desfile do Afoxé pede passagem em uma reverência respeitosa aos Deuses Africanos.           

Filosofia do tambor
Definimos o afoxé como elemento primordial, cultural de base africana, a que chamamos de “Filosofia do Tambor”. Além de desempenhar atributos musicais lúdicos, o gênero não se limita a esse aspecto, sendo o elemento que assegura a ideia da experimentação plena da “vida aqui e agora”. Outro papel fundamental dos tambores é “convocar”, mediante toques sagrados, os “Santos”. Acreditamos que nas sociedades onde, por razões repressivas, entre as quais as de natureza religiosa, o tambor não soara, viu-se florescer uma cultura tímida.

O “aqui é agora”, princípio filosófico desfrutado na sua integralidade, é uma homenagem à vida plena, sem sabor de pecado e ao som do tambor, mas exigiu enfrentamentos. O candomblé, nos seus primórdios, além de contar com a atuação nos locais distantes, evitando a vigilância repressiva, era e ainda é um centro gerador de uma musicalidade ritual, estimulante, uma coreografia litúrgica especial, que ao final dos atos celebratórios prosseguia com uma expressão de caráter lúdico-recreativo, uma espécie de confraternização, chamada “batuque”.

Para verificar isso, basta recorrermos aos noticiários, em especial os do jornal O Alabama, que, na época, notificando à polícia essas manifestações, exigia providências contra “estas manifestações bárbaras” e “imorais”. Ainda hoje alguns templos de candomblé realizam festas de caráter recrea-
tivo, às quais muitos chamam de “jazzes”.

Assim é que, após a missa encomendada pela Sociedade Fiéis de São Bartolomeu do Terreiro do Bogum, na Igreja de Nossa Senhora do Rosário dos Pretos, depois dos voduns incorporarem em seus fiéis, eles são recepcionados pelos toques do Sirê, no candomblé. Em seguida vêm a feijoada e os musicais populares. Dessa forma, o religioso precede ao lúdico ou recreativo.

É apoiado nessa necessidade de celebrar a vida em um espaço público que o povo-de-santo vai ao carnaval, em forma de afoxé, sem perder o vínculo religioso. Para tanto, essa organização necessita de elementos coreográficos e musicais do candomblé, no que couber. Como instrumental, o agogô ou o apito, detentores do andamento do seu ritmo básico, são percutidos pelos “mais velhos”. Os tambores não podem ser os consagrados nos templos: o Rum, o Rumpi e o Lé. Para isso, atabaques ou timbaus, não sacralizados, são tocados preferencialmente por ogans, xicarongomas, huntós ou alabés, pessoas ligadas ao candomblé.

Antigamente havia os instrumentos dos “afoxés femininos”, entre eles os tambores, conduzidos pelas mulheres do Axé apertados às axilas, como os “tambores falantes” africanos. Encourados com peles de carneiro, cabra e até mesmo, na época, com “couro de cobra”, os tambores eram pintados de branco e azul.

Hoje vemos os Filhos de Gandhy apresentarem a sua seção de clarins, majestosa, utilizada inclusive para saudações durante a romaria, similares às obrigações religiosas consagradas a Oxalá, nos terreiros. Havia, inclusive, como integrantes da orquestra do afoxé, o xequerê, cabaça coberta de contas, chamado nessa organização carnavalesca de “Afoxé”. O estandarte é belo e vistoso, ricamente bordado e decorado, conduzido pelo dançarino, tendo à frente o “Boneco” ou “Kalunga”.

As composições musicais eram as “cantigas fracas”, sem o poder de provocar manifestações como as “cantigas fortes”, vedadas à execução pública. Cuidado que minha Mãe Menininha teve ao ser consagrada como madrinha dos Filhos de Gandhy, fornecendo-lhes o repertório apropriado para a rua nos dias de carnaval. Mais tarde, surgiram os compositores que, abordando a temática mítica do candomblé, sem falar dos “fundamentos”, comporiam no ritmo do ijexá um repertório para os desfiles e ensaios. Nos dias atuais, a temática tornou-se mais livre, sem, contudo, ultrapassar os limites do que pode ser cantado ou pronunciado em via pública durante a folia.

Ao contrário dos tempos antigos, já se usa a amplificação dos tambores e das vozes através dos “carros de som”, em virtude do grande volume de foliões, principalmente nos Filhos de Gandhy. Não se têm notícias, ao menos nas tradicionais entidades, da utilização de instrumentos musicais eletroeletrônicos, a exemplo de guitarras, baixos, teclados etc.

Jaime Sodré é mestre em Teoria e História da Arte, 
doutorando em Educação e Contemporaneidade e professor da Universidade do Estado da Bahia.

Publicado na edição 55, de fevereiro de 2014

Carta Capital
17 de fevereiro de 2014
Posted by Marcus Vinicius Cunha de Souza
Tag :

UNEB convoca para matrícula aprovados na seleção do SISU em lista de espera

A Pró-Reitoria de Graduação (Prograd) da UNEB convoca para matrícula, em primeira chamada, os aprovados na lista de espera do Sistema de Seleção Unificada (SiSU), do Ministério da Educação (MEC), para ingresso neste primeiro semestre nos cursos de graduação presencial oferecidos pela universidade.
Os selecionados devem dirigir-se, exclusivamente no dia 20 de fevereiro, à coordenação acadêmica do curso em que foi selecionado para efetivar a matrícula.
O Sistema do MEC realiza a seleção dos inscritos de acordo com o desempenho que obtiveram no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2013.
A UNEB ofereceu 953 vagas, distribuídas entre 100 opções de cursos nos 24 campi da universidade. Desse total, a instituição reserva 376 oportunidades para candidatos negros oriundos da rede pública de ensino e 102 para indígenas em caráter de sobrevagas, de acordo com o edital do processo seletivo.
A Gerência de Seleção Discente da Pró-Reitoria de Graduação (Prograd) orienta os aprovados a ler com cuidado o edital de convocação e ter atenção com as datas de matrícula e a documentação solicitada.
A UNEB é pioneira entre as universidades estaduais baianas na adesão ao sistema do MEC e participa pela sexta vez do SiSU.

UNEB
Posted by Marcus Vinicius Cunha de Souza
Tag :

UNEB divulga 4ª chamada do Vestibular 2014.1

A UNEB está convocando para matrícula os candidatos aprovados, em quarta chamada, no Vestibular 2014, com entrada no primeiro semestre letivo, nos campi da capital e do interior do estado.
Todos os aprovados devem realizar a matrícula — exclusivamente no dia 21 de fevereiro — na coordenação acadêmica do departamento/campus onde funciona o curso de sua opção, das 8h30 às 12h e das 13h30 às 19h, munido de todos os documentos exigidos no edital de convocação.
A Gerência de Seleção Discente (Gesedi) da Pró-Reitoria de Graduação (Prograd) da universidade informa que toda a documentação apresentada deve ser legível, sem rasura ou dilaceração e que o não comparecimento do candidato ao local, data e horário estabelecidos para a matrícula, implicará na perda do direito à vaga.
Informações: tel. 0800 071 3000 e www.vestibular.uneb.br.

UNEB
Posted by Marcus Vinicius Cunha de Souza
Tag :

Governador sanciona lei ‘Anticalote’

Em solenidade realizada na Governadoria, no fim da tarde desta sexta-feira (14), o governador Jaques Wagner sancionou a lei que garante direitos trabalhistas a funcionários terceirizados de empresas prestadoras de serviço junto ao Estado. A lei, que foi batizada de “Anticalote” (veja aqui), resulta do Projeto de Lei 19.414/2011, aprovado em janeiro pela Assembleia Legislativa da Bahia. O texto institui a garantia do direito a férias, 13º salário, INSS e multa do FGTS com a dedução do contrato e retenção por meio de depósito em banco público oficial dos valores referentes a estes benefícios. 

Bahia Notícias

Obs: Essa notícia está sendo veiculada no blog devido ao fato que nosso colégio, como todos da rede estadual, possui funcionários terceirizados
15 de fevereiro de 2014
Posted by Marcus Vinicius Cunha de Souza
Tag :

Começa adesão a lista de espera do PROUNI

O Programa Universidade para Todos (ProUni) recebe nesta quinta-feira, 13, e na sexta, 14, a adesão on-line à lista de espera de candidatos a bolsas de estudos em instituições particulares de educação superior. Podem integrar a lista os inscritos que ficaram fora das duas chamadas feitas pelo programa, em 20 de janeiro e no dia 3 último.
Este ano, há mudança quanto aos procedimentos da lista de espera. O integrante da lista terá os dias 19 e 20 próximos para apresentar a documentação na instituição de ensino na qual pretende estudar. Após esse processo, a instituição terá prazo para avaliar os documentos. Nas edições anteriores, o candidato tinha de manifestar interesse na lista de espera e aguardar a convocação da instituição.
Neste primeiro semestre, o ProUni oferece 191,6 mil bolsas — 131.636 integrais e 59.989 parciais, em 25,9 mil cursos. Isso significa crescimento de 18% na oferta em relação à primeira edição do ano passado.
Para concorrer à bolsa integral, o estudante deve comprovar renda familiar por pessoa de até um salário mínimo e meio. Para as bolsas parciais, a renda familiar deve ser de até três salários mínimos por pessoa. Estão dispensados dos requisitos de renda os professores da rede pública em efetivo exercício do magistério da educação básica, integrantes de quadro de pessoal permanente de instituição pública. Eles concorrem exclusivamente a bolsas para cursos de licenciatura.
Criado pelo governo federal em 2004 e institucionalizado pela Lei nº 11.096, de 13 de janeiro de 2005, o ProUni oferece a estudantes brasileiros de baixa renda bolsas de estudos integrais e parciais (50% da mensalidade) em instituições particulares de educação superior que ofereçam cursos de graduação e sequenciais de formação específica. Podem fazer a inscrição os egressos do ensino médio da rede pública ou da rede particular, estes na condição de bolsistas integrais da própria escola.
A adesão à lista de espera deve ser feita na página do programa na internet, onde o candidato pode também conferir o cronograma completo do ProUni.

MEC
13 de fevereiro de 2014
Posted by Marcus Vinicius Cunha de Souza
Tag :

UFRB divulga seleção de projetos de formação continuada de professores, profissionais e gestores para Educação Básica

A Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB), por meio do presidente do Comitê Gestor Institucional de Formação Inicial e Continuada de Profissionais da Educação Básica da UFRB, divulga seleção de projetos de formação continuada de professores, profissionais e gestores para Educação Básica Interessados devem enviar propostas até 17 de fevereiro para o email comfor.ufrb@ufrb.edu.br
De acordo com o documento de seleção: “as propostas deverão considerar o currículo, os programas específicos, as demandas da educação básica, bem como as políticas e ações de formação de profissionais do magistério”. Ainda de acordo com o Edital N°01/2014, as propostas devem desenvolver no mínimo uma das trezes linhas de ações estabelecidas no documento: a) educação ambiental; b) educação de jovens e adultos; c) educação do campo; d) educação em direitos humanos e cidadania; e) educação inclusiva; f) educação indígena; g) educação integral; h) educação quilombola; i) ensino médio inovador; j) escola intercultural de fronteira; l) gestão educacional; m) relações étnico-raciais e n) saúde na escola.
O objetivo do documento é “selecionar e subsidiar propostas de formação continuada para professores, profissionais, e gestores da educação básica, por meio de capacitações, de aperfeiçoamentos, de estudos voltados para a melhoria da formação, de projetos, de avaliações e de implementação de políticas e programas demandados pela Educação Básica”. Os programas específicos são fomentados pelo Ministério da Educação (MEC) através da Secretaria de Educação Básica (SEB) e da Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização, Diversidade e Inclusão (SECADI).
O resultado preliminar da seleção será divulgado até 24 de fevereiro. Mais informações pelo email: comfor.ufrb@ufrb.edu.br
Confira o Edital N°01/2014 de apoio a projetos de formação de profissionais do magistério da educação básica referente à ação 20RJ, apoio à Capacitação e Formação Inicial e Continuada de Professores, Profissionais, Funcionários e Gestores para a Educação Básica do Ministério da Educação.
Veja também o anexo do Edital.
Ação 20RJ: é a “consolidação da política nacional de formação, promovendo a formação inicial e continuada de profissionais da educação básica com apoio técnico, financeiro e pedagógico, nas modalidades presencial e à distância”, destaca o Edital N°01/2014.

UFRB
12 de fevereiro de 2014
Posted by Marcus Vinicius Cunha de Souza
Tag :

Colégio Modelo realiza Jornada Pedagógica 2014


Durante esta semana (10 a 13/02), o Colégio Modelo realiza sua Jornada Pedagógica para o ano letivo 2014. No evento, contamos com a participação de representante da Direc 21, que trouxe as orientações pedagógicas para o presente ano, bem como fez um diagnóstico do desempenho escolar de 2013.

Novos professores farão parte do quadro como José Neto (Zezinho - Matemática e Física), Adriano Cunha (História e Redação), Emilson Sena (Educação Artística) e Zilian Marques (Língua Portuguesa).

As aulas começam a partir do dia 17/02 (Segunda Feira) e desde já desejamos as boas vindas para todos!
Posted by Marcus Vinicius Cunha de Souza
Tag :

Prefeitura de Salvador abre 250 vagas para 2º e 3º graus

A Prefeitura de Salvador, Bahia, realiza processo seletivo para a contratação temporária  de 250 profissionais para atuar durante o período de Carnaval. Há vaga para profissionais com formação em curso superior de Pedagogia, Psicologia ou Serviço Social, as oportunidades são para Coordenador de Unidade (7) e Supervisor de Unidade (71). Já para trabalhadores com o nível médio existem 172 vagas para Educador Social.

Os candidatos que não forem aprovados dentro do número de vagas figurarão no cadastro reserva e poderão ser convocados para ação imediata através dos contatos disponibilizados no formulário de inscrição.

A hora-aula normal prestada é de R$16,55 para profissionais de nível superior e no valor de R$6,20 para Educador Social, mas esses valores poderão ser alterados devido aos adicionais noturno e de feriados.

As inscrições serão realizadas nos dias 10 e 11 de fevereiro de 2014, exclusivamente, das 8h às 12h, na sede da SEMGE, localizada na Avenida Vale dos Barris, nº. 125, Barris.

O Processo Seletivo Simplificado será constituído de uma única etapa, Analise Curricular e Títulos, de caráter eliminatória e classificatória. A validade dessa seleção é de 15 dias, contados a partir da data da Homologação no Diário Oficial do Município.








Folha Dirigida
11 de fevereiro de 2014
Posted by Marcus Vinicius Cunha de Souza
Tag :

ParFor: Cursos de formação divulgarão em março relação de aprovados

Os 19.916 professores das redes públicas da educação básica que fizeram a pré-inscrição para concorrer a vagas em cursos de primeira e segunda licenciaturas ou formação pedagógica devem ficar atentos às datas do calendário que está disponível na Plataforma Freire. As secretarias estaduais e municipais de educação têm prazo até 28 de fevereiro para validar a pré-inscrição e até 6 de março para divulgar a relação das candidaturas aprovadas.
10 de fevereiro de 2014
Posted by Marcus Vinicius Cunha de Souza
Tag :

Univasf lança concurso público com 47 vagas para Técnicos Administrativos em Educação

A Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf) lançou, na manhã de hoje (10), edital de concurso público para Técnicos Administrativos em Educação. O certame visa ao preenchimento de 47 vagas de nível médio e superior nas mais diversas áreas nos seis campi da Univasf: Petrolina Sede e Ciências Agrárias, em Pernambuco; Juazeiro, Senhor do Bonfim e Paulo Afonso, na Bahia; e São Raimundo Nonato, no Piauí. Os interessados podem se inscrever até o dia 6 de março, via internet, pelo site da Advise Consultoria e Planejamento, empresa responsável pela execução do concurso.

A taxa de inscrição varia de R$50,00 a R$70,00, de acordo com a área pretendida. Há vagas para Assistente em Administração, Pedagogo, Médico Veterinário, Assistente Social, Contador, Economista, Relações Públicas, Auditor, Analista de Tecnologia da Informação, Revisor de Texto Braile, Tradutor e Intérprete de Linguagem de Sinais, Técnico em Contabilidade, Técnico de Laboratório; e Técnico em Tecnologia da Informação. A remuneração é de R$1.942,75 para os cargos de nível médio e de R$3.230,88 para os de nível superior, conforme o Edital 12/2014.

O prazo para solicitação da taxa de isenção será de 11 a 14 de fevereiro. Os pedidos devem ser encaminhados, via requerimento, pelo site da Univasf ou pelo site da Advise Consultoria e Planejamento. Poderá solicitar a isenção da taxa, o candidato que estiver inscrito no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) e for membro de família de baixa renda, conforme especifica o edital do certame.

O concurso público constará de prova objetiva de caráter eliminatório e classificatório para todos os cargos, composta por 50 questões de Língua Portuguesa, Legislação, Informática e Conhecimentos Específicos. A prova será aplicada na data provável de 13 de abril, nas cidades de Petrolina (PE) e/ou Juazeiro (BA); e em Paulo Afonso (BA) – nesta última, apenas para os cargos com lotação no Campus Paulo Afonso. Para os cargos de Técnico de Laboratório, Médico Veterinário e Tradutor e Intérprete de Linguagem de Sinais haverá prova prática.

Cronograma:
Período de inscrição – 10 de fevereiro a 6 de março
Prazo para pedidos de isenção – 11 a 14 de fevereiro
Data prevista para a prova objetiva – 13 de abril

Univasf
Posted by Marcus Vinicius Cunha de Souza
Tag :

IFBA (BA) abre 378 vagas para todos os níveis

Mais um concurso público foi lançado, e nesse momento quem deseja admitir novas pessoas é o  Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Bahia (IFBA), onde a sua meta principal é fazer a admissão de 378 profissionais que desejam atuar em cargos de todos os níveis escolares.
As oportunidades de trabalho para os candidatos de nível fundamental são para exercer as funções de: Auxiliar em Administração, Assistente de Laboratório nas áreas de Biocombustíveis, Informática, Mecânica e Química e Auxiliar de Biblioteca.
Já as vagas que estão disponíveis para os candidatos de nível médio são para atuar nos cargos de: Diagramador, Assistente em Administração e Técnico em Artes Gráficas e de Laboratório.
E as ofertas feitas para os interessados nas vagas de nível superior são para trabalhar como: Assistente Social, Auditor, Administrador, Jornalista, Analista de Tecnologia da Informação, Enfermeiro, Arquivista e Bibliotecário.
Todos os interessados em atuar em uma dessas funções deverão ter a disponibilidade para trabalhar na Reitoria de Salvador, ou nas unidades que ficam nas seguintes cidades: Vitória da Conquista, Paulo Afonso, Porto Seguro, Salvador, Santo Amaro, Santo Antônio de Jesus, SEABRA, Simões Filho, Valença, Barreiras, Brumado, Camaçari, Euclides da Cunha, Eunápolis, Feira de Santana, Ilhéus, Irecê, Jacobina, Jequié e Juazeiro.

Concurso 2014
7 de fevereiro de 2014
Posted by Marcus Vinicius Cunha de Souza
Tag :

Ministério da Educação descarta aplicação de duas provas do Enem por ano

O Ministério da Educação confirmou nesta sexta-feira (7) declaração do ministro José Henrique Paim de que não será criada uma segunda prova anual do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). O ministro fez a afirmação em entrevista fechada que concedeu a veículos impressos após tomar posse no cargo.
Em 2009, o então ministro da Educação, Fernando Haddad, anunciou a aplicação de duas provas do Enem em um mesmo ano. Em maio de 2011, uma portaria foi publicada no Diário Oficial da União definindo que, a partir de 2012, o exame teria duas edições por ano. As provas do primeiro semestre ocorreriam em abril e as do segundo, em novembro. Em fevereiro de 2012, no entanto, a portaria foi revogada.
O sucessor de Haddad no Ministério da Educação, Aloizio Mercadante, também descartou a realização dos dois exames enquanto esteve à frente da pasta.
Paim assumiu o cargo na última segunda-feira (3) e destacou no seu primeiro discurso o compromisso da pasta com a formação de professores e disse que continuará expandindo o Programa Universidade para Todos (ProUni) e o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies).

Último Segundo
Posted by Marcus Vinicius Cunha de Souza
Tag :

Facebook: o fim está próximo?

Com fuga de usuários jovens, plataforma envelhece. Estudo prevê declínio semelhante ao das epidemias. Não estará na hora de uma rede mais livre?

O quanto o Facebook já faz parte de nossas vidas, e por quanto tempo isso ainda vai durar? Há grandes chances de você ter chegado até este texto ou ter conhecido este site através da rede social de Mark Zuckeberg — que já é utilizada por mais de um bilhão de pessoas. Mas antes dela, houve outras: o Orkut, famoso principalmente entre os brasileiros, o MySpace, mais comum nos EUA e diversas outras, mais segmentadas ou não. Com base na vida e morte destes sites populares na internet, algumas pesquisas começam a tentar prever quando será o fim do novo gigante das redes sociais, cuja ética parece cada vez mais questionável.

Alguns fatos concretos indicam que, sob algumas perspectivas, o Facebook já está caindo: desde 2011, 25,3% dos adolescentes de 13 a 17 anos desativaram suas contas apenas nos Estados Unidos. Isso fez a rede envelhecer sensivelmente: hoje, também nos EUA, a faixa etária com mais usuários é entre 35 e 54 anos — e a de mais de 55 é a que mais cresce. O motivo para os jovens  abandonarem a rede é exatamente este: a necessidade de privacidade em relação aos adultos, que, uma vez integrados à plataforma, podem “vigiar” seus filhos e parentes. Por isso, estes migram para redes sociais mais específicas, de compartilhamento de fotos e imagens, por exemplo.

Outra previsão sombria (e curiosa) sobre o futuro do “Face” partiu de dois cientistas da Universidade de Princeton — John Cannarella e Joshua Spechler. Eles compararam a ascensão e declínio da rede mais popular do planeta a uma similar, hoje esquecida (o MySpace) e a outro fenômeno humano relacionado a contágio: a expansão e posterior recuo das doenças infecciosas… Ao fazê-lo, chegaram ao gráfico abaixo (a curva de popularidade do Facebook foi construída em função de número de buscas pela rede no Google). Sua conclusão é: a rede de Zuckenberg já atingiu seu pico e começou a recuar; é provável que perca 80% de seus atuais usuários entre 2015 e 2017.

Mas há quem seja mais cético, diante das teorias catastrofistas. Para o site de tecnologia TechVibes, o Facebook é grande demais para cair num futuro próximo. Segundo eles, por mais que haja uma queda em seus usuários, economicamente falando, a empresa continua a crescer. Estima-se que sua receita para 2013 tenha sido de 7 bilhões de dólares, o que significa um crescimento de 50% a cada ano. Com tanto poder, afirmam, Zuckeberg pode facilmente comprar qualquer nova iniciativa que ponha em risco seu reinado. Pensa que estagnação do número de buscas pelo Facebook não é relevante — ele teria se tornado tão popular que já não é preciso procurálo, assim como você nunca vai ouvir alguém falando “prove essa bebida, Coca Cola, é uma delícia!”. O “Face” não estaria ameaçado de morte por já fazer parte do dia-a-dia de um sétimo da população mundial — por isso, plenamente estabelecido em nossas vidas.

Apesar de fortemente presente e viciante, o Facebook é a rede que queremos para o mundo? Não são poucos os casos como o desta semana, em que os administradores do Facebook tiraram do ar uma página contra a Copa do Mundo, a “Operation World Cup”. Semanas atrás, haviam sumido com os eventos de “rolezinhos” em diversos shoppings do Brasil. Durante os protestos de junho, conteúdos de revolta também desapareciam do dia para a noite. Em casos mais absurdos, a rede já tirou do ar obras de artistas como Gustave Courbet e ensaios de mulheres com seus bebês recém nascidos. Além disso, a rede sofreu diversas críticas por vender os dados de seus usuários para empresas. Em tempos de risco da liberdade da internet, uma rede menos mercadológica e mais livre viria a calhar.
Publicado originalmente em: http://outraspalavras.net/blog/2014/02/03/facebook-o-fim-esta-proximo/?utm_source=rss&utm_medium=rss&utm_campaign=facebook-o-fim-esta-proximo
4 de fevereiro de 2014
Posted by Marcus Vinicius Cunha de Souza

MEC fará cadastro on-line de estudantes com ensino superior

O Ministério da Educação reunirá, em um banco público on-line, informações sobre a graduação e o nome da instituição cursada por um determinado estudante.
O chamado "Sistema de Consulta de Graduados" terá, além desses dados, o ano de conclusão do curso de egressos de instituições públicas e privadas a partir de 2010.
De acordo com portaria publicada nesta terça-feira (4) no "Diário Oficial" da União, a consulta poderá ser feita por qualquer pessoa. Para isso, será preciso apresentar três dados: o nome completo do graduado ou seu CPF; nome da instituição de ensino superior e a data de nascimento do estudante ou o nome da mãe.
Segundo a pasta, o objetivo é diminuir a possibilidade de fraudes em situações em que esse tipo de informação é exigida, como uma entrevista de emprego, por exemplo. Com esse banco disponível, o empregador pode checar de forma rápida a veracidade das informações prestadas.
Esse novo sistema terá como base as informações coletadas para o censo do ensino superior, realizado anualmente. 

Folha
Posted by Marcus Vinicius Cunha de Souza
Tag :

MEC EC divulga a lista dos aprovados em 2ª chamada do ProUni 2014

Foi disponibilizada na manhã desta segunda-feira (03) a lista dos aprovados em 2ª chamada do Programa Universidade Para Todos (ProUni). Segundo dados do Ministério da Educação (MEC), 1.259.285 candidatos participaram da edição do primeiro semestre de 2014.
Os aprovados tem entre esta segunda (03) e quinta-feira (06) para levarem a documentação necessária na instituição a qual foram classificados. Confira os documentos requeridos: http://siteprouni.mec.gov.br/documentacao.php
O Prouni é um programa do Ministério da Educação, criado pelo Governo Federal em 2004, que concede bolsas de estudo integrais e parciais (50%) em instituições privadas de ensino superior, em cursos de graduação e sequenciais de formação específica, a estudantes brasileiros, sem diploma de nível superior.
3 de fevereiro de 2014
Posted by Marcus Vinicius Cunha de Souza
Tag :

Estado convoca professores REDA para início das aulas

No Diário Oficial de hoje, 01/01/2014, A Secretaria de Educação do Estado da Bahia convoca professores da Seleção Reda, da Educação Básica e a Profissionalizante. Confira abaixo:

O SECRETÁRIO DA EDUCAÇÃO DO ESTADO DA BAHIA, no uso de suas atribuições e considerando a homologação do Resultado Final do Processo Seletivo Simplificado, Edital Nº 04/2013 de 23/10/2013, da Seleção Pública para contratação temporária de pessoal na função de Professor, em caráter emergencial, pelo Regime Especial de Direito Administrativo – REDA. 
RESOLVE:
Art. 1º- Ficam convocados os candidatos, por ordem de classificação, constantes no presente  Edital,  a comparecer  no período de 04/02/2014 á 10/02/2014, no horário das 8h30 às 12h00 e das 14h00 às 17h30,  nos seguintes locais:
Os  candidatos aprovados de Salvador e Região Metropolitana deverão comparecer na Secretaria da Educação situada na Avenida Luiz Viana Filho nº 550, 5ª avenida, CAB (Centro Administrativo da Bahia), térreo , na sala 4.
Os candidatos aprovados para o Interior do Estado deverão comparecer nas sedes das DIREC (Diretoria Regional de Educação) a que pertence o município para o qual foram aprovados.        
    Art. 2º-  Os candidatos deverão comparecer munidos dos seguintes documentos em original e fotocópia:
Certificado de Antecedentes Criminais, das Secretarias da Segurança Pública dos Estados em que o candidato houver residido nos últimos 5 (cinco) anos.
Carteira de Identidade;
Duas  fotos coloridas recentes 3X4;
Certidão de Casamento e nascimento de filhos, se for o caso;
Certificado de Reservista ou equivalente para o sexo masculino;
Titulo de Eleitor e comprovante de regularização com a Justiça Eleitoral;
Apresentar a comprovação do nível de escolaridade exigida mínima para a função, expedida por Instituição de Ensino autorizada por Secretaria da Educação  ou IES reconhecida pelo Ministério da Educação – MEC e devidamente registrado.
C.P.F.;
PIS/PASEP ou cópia da primeira página frente e verso da Carteira de Trabalho e Previdência Social – CTPS;
Comprovante de residência;
Último contra cheque e declaração informando os horários (caso tenha vínculo com Órgão Público, Autarquia, Fundação ou Empresa Governamental).
Dados de conta bancária: número de conta e da Agência- Banco do Brasil
Exames  Pré-Admissional:

EXAMES

VALIDADE DO EXAME

Hemograma

3 meses

Glicemia

3 meses

Sumario de urina

3 meses

Parasitológico de Fezes

3 meses

Acuidade visual (emitida por medico Oftalmologista)

3 meses

Rx de Tórax (PA) com Laudo

6 meses

Eletrocardiograma com Laudo(a partir dos 40 anos)

6 meses

PSA da próstata (homens a partir dos 40 anos)

6 meses



Atestado de Saúde Ocupacional - ASO

Salvador,   30 de janeiro  de  2014
OSVALDO BARRETO FILHO
Secretário da Educação
1 de fevereiro de 2014
Posted by Marcus Vinicius Cunha de Souza

Perfil

Minha foto
Marcus Vinicius Cunha de Souza
Visualizar meu perfil completo

Postagem em destaque

"O Bom filho à casa torna"

Boa noite meus amigos! Depois de mais de seis meses voltei a postar neste blog. Os motivos foram dos mais diversos: casamento, filho, co...

Frases

Poesia do Dia

Total de visualizações

Imagem do Dia

Seguidores Facebook

Seguidores

Seguidores G+

Concursos

Colégio Modelo de Xiquexique. Tecnologia do Blogger.

- Copyright © Colégio Modelo de Xiquexique -Metrominimalist- Powered by Blogger - Designed by Johanes Djogan -