Notícias do Colégio, Concursos e Vestibulares. Sejam todos bem vindos!

Archive for 01/04/12 - 01/05/12

UNEB: Praes abre inscrições para 800 bolsas-auxílio para estudantes: até 17 de maio

A Pró-Reitoria de Assistência Estudantil (Praes) da UNEB vai estar com inscrições abertas, a partir de amanhã (27 ) até 17 de maio, para o Programa de Bolsa-Auxílio 2012.
O programa — que integra política da atual gestão de formação qualificada e permanência do estudante na universidade — está oferecendo 800 bolsas, distribuídas nas modalidades alimentação (400), integral (150), transporte intermunicipal (150), moradia (50) e material didático (50), conforme o edital da seleção.
Os interessados podem se inscrever, gratuitamente, preenchendo questionário socioeconômico disponível no site www.uneb.br/praes. O estudante também deve apresentar no protocolo do seu departamento os documentos exigidos em edital e as declarações e o termo de compromisso especificados nos anexos do edital. O valor das bolsas varia de R$ 52 a R$ 416, conforme a modalidade.
A ação é voltada, prioritariamente, para estudantes regularmente matriculados nos cursos de graduação presenciais da universidade, em todos os 24 campi, oriundos do sistema de cotas para negros e indígenas, egressos de escolas das redes públicas e que estejam, comprovadamente, em situação de vulnerabilidade socioeconômica.
O pró-reitor Paulo Gonçalves (Praes) lembra que o critério de seleção dos estudantes será baseado exclusivamente na condição socioeconômica do candidato.
“As bolsas terão duração de 10 meses e poderão ser renovadas, caso os candidatos atendam as exigências da seleção”, conclui Paulo.

UNEB
30 de abril de 2012
Posted by Marcus Vinicius Cunha de Souza
Tag :

Os 12 conflitos armados que mais mataram pessoas

imagem: El Tres de Mayo – do pintor Francisco Goya (Wikimedia Commons)
Os humanos se envolvem em disputas territoriais desde a Idade da Pedra, é verdade, mas a melhora tecnológica das “máquinas de matar” ao longo do último milênio fez com que os conflitos fizessem muito mais vítimas fatais em menos tempo – inclusive gente que não tinha nada a ver com a briga. Nesta lista, confira as guerras, revoltas e rebeliões que mais dizimaram vidas ao longo da história.
12 – Guerra dos Trinta Anos
Onde: Império Romano (Ásia, Europa e um pedacinho da África)
Quando: de 1618 a 1648
Número estimado de mortos: 3.000.000 a 11.500.000 pessoas
Esta versão “de bolso” de uma Guerra Mundial começou como um conflito religioso e foi tomando feições mais complexas até ninguém saber mais por que estava brigando. Muitos dos exércitos tinham mercenários em suas frentes de batalha, que trocavam de lado sempre que a oportunidade parecia interessante.
11 – Guerras Napoleônicas
Onde: Europa e ilhas nos oceanos Pacífico, Atlântico e Índico
Quando: de 1804 a 1815
Número estimado de mortos: 3.500.000 a 6.500.000 pessoas
O francês Napoleão Bonaparte estava bombando nas conquistas de territórios na Europa, mas não deu conta de lutar no inverno russo – muitos soldados viraram picolé e outra boa parte morreu de fome. A estratégia russa era queimar as cidades pelas quais o exército invasor iria passar para evitar que fossem saqueadas e fornecessem recursos aos inimigos.
10 – Segunda Guerra do Congo
Onde: República Democrática do Congo, África
Quando: de 1998 a 2003
Número estimado de mortos: 3.800.000 a 5.400.000 pessoas
Este é o conflito mais recente da lista. A Guerra acabou em um acordo entre as partes, mas a população sofre com as consequências até hoje. Em 2004, cerca de 1.000 pessoas morreram diariamente de desnutrição e doenças que seriam facilmente tratáveis se a região não estivesse tão debilitada.
9 – Guerra Civil Russa
Onde: Rússia
Quando: de 1917 a 1921
Número estimado de mortos: 5.000.000 a 9.000.000 pessoas
Ainda que se diga que a este conflito acabou em 1921, a verdade é que ele se prolongou por mais dois anos. O objetivo da revolta era acabar com a monarquia, mas os grupos envolvidos divergiam sobre que forma de governo seria implantada com o fim dos czares. Levou a melhor o pessoal do partido bolchevique, que estabeleceu o primeiro governo inspirado no socialismo de Karl Marx.
8 – Revolta Dungan
Onde: China
Quando: de 1862 a 1877
Número estimado de mortos: 8.000.000 a 12.000.000 pessoas
Os chineses da etnia Dugan (também chamada de Hui, de origem persa) se revoltaram e foram derrotados – os que sobraram desse conflito foram para territórios que hoje são parte da Rússia, Cazaquistão e Quirguistão.
7 – Investidas de Tamerlão
Onde: Ásia
Quando: de 1369 a 1405
Número estimado de mortos: 15.000.000 a 20.000.000 pessoas
Não se conquista um território sem matar umas pessoas, não é mesmo? Tamerlão e seus exércitos dizimaram muita gente na Ásia para expandir o Império Timúrida, que chegou a ter mais de 5,5 milhões de quilômetros quadrados. 
6 – Primeira Guerra Mundial
Onde: Todos os continentes – nem todos foram atacados, mas países de todos os continentes tomaram parte (e morreram) nesta guerra.
Quando: de 1914 a 1918
Número estimado de mortos: 15.000.000 a 65.000.000 pessoas
A estimativa mais alta de mortos (65 milhões) contabiliza as pessoas que pereceram da Gripe Espanhola, uma variação do vírus H1N1 (que no século XXI conhecemos como Gripe Suína). A Gripe Espanhola se espalhou generalizadamente pelo mundo no começo do século XX e a epidemia “pegou carona” na 1ª Guerra.
5 – Rebelião Taiping
Onde: China
Quando: de 1815 a 1864
Número estimado de mortos: 20.000.000 a 60.000.000 pessoas
Esta “rebelião” foi na verdade uma grande guerra civil no sul da China, liderada por um cristão, Hong Xiuquan, que dizia ser o irmão mais  novo de Jesus Cristo (pois é…).
4 – Disputa entre a dinastia Ming e Qing
Onde: China
Quando: de 1616 a 1662
Número estimado de mortos: 25.000.000 pessoas

Os Qing vieram do nordeste da Grande Muralha da China e eram vassalos dos governantes da dinastia Ming (aquela dos famosos vasos de porcelana). Houve uma revolta de camponeses que depôs os Ming e criou a Dinastia Shun – só que ela não durou muito tempo: os Qing dominaram a capital Beijing e assumiram o poder dizendo que estavam restabelecendo a “ordem imperial”. Mas na verdade eles estavam era pegando o poder pra eles mesmos.
3 – Investidas Mongóis
Onde: Ásia e leste europeu
Quando: de 1207 a 1472
Número estimado de mortos: 30.000.000 a 60.000.000 pessoas
Foram 265 anos de invasões empreendidas pelo povo mongol por toda a Ásia e parte da Europa. Haja fôlego para tanta briga! A recompensa: um império de mais de 12 milhões de quilômetros quadrados.
2 – Rebelião de An Lushuan
Onde: China
Quando: de 755 a 763
Número estimado de mortos: 33.000.000 a 36.000.000 pessoas
O general An Lushuan, durante a dinastia Tang, resolveu se declarar imperador de uma parte da China, o que não agradou a dinastia que reinava sobre o país. Foram 8 anos de confrontos que continuaram mesmo depois da morte de An Lushuan – e terminaram com a subjugação dos rebeldes e afirmação, mesmo que frágil, da dinastia Tang.
1 – Segunda Guerra Mundial
Onde: Todos os continentes - nem todos foram atacados, mas países de todos os continentes tomaram parte (e morreram) nesta guerra.
Quando: de 1939 a 1945 – 6 anos
Número estimado de mortos: 40.000.000 a 72.000.000 pessoas
Entre as vítimas deste conflito, 62% eram civis – ou seja: pessoas que não tinham nada a ver com a briga além do fato de estarem lá (e, bem, serem judeus, ciganos, homossexuais, terem uma deficiência…). Além das armas de fogo convencionais, nessa guerra rolou gás mostarda, testes com pessoas em campos de concentração e a última novidade do momento: bombas nucleares.

Superinteressante
Posted by Marcus Vinicius Cunha de Souza

Educação Básica: Liberados R$ 606,8 milhões de complementação a nove estados

Recursos de R$ 606,8 milhões estão liberados para estados e municípios que recebem complementação da União referente ao Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb). Os valores, liberados nesta segunda-feira, 30, pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), correspondem à quarta parcela do ano.

A complementação da União contempla os estados — Alagoas, Amazonas, Bahia, Ceará, Maranhão, Pará, Paraíba, Pernambuco e Piauí — e respectivos municípios cuja arrecadação não permite atingir o valor mínimo por aluno estabelecido pelo fundo para este ano, de R$ 2.096,68.

Principal fonte de financiamento da educação básica pública, o Fundeb é formado por percentuais de vários impostos e transferências constitucionais. Pelo menos 60% dos recursos devem ser usados no pagamento de profissionais do magistério em efetivo exercício — professores, diretores e orientadores educacionais. O restante é usado em despesas de manutenção e desenvolvimento do ensino, como pagamento de outros profissionais ligados à educação (auxiliares administrativos e merendeiras), formação continuada de professores, aquisição de equipamentos e construção de escolas.


Fundeb – 4ª parcela (abril 2012)

UF
Repasse
Alagoas
25.641.022,25
Amazonas
18.419.721,92
Bahia
145.544.961,80
Ceará
71.418.466,29
Maranhão
133.772.350,93
Pará
142.365.546,92
Paraíba
9.916.319,40
Pernambuco
34.110.708,80
Piauí
25.692.082,79
Total
606.881.181,10


Merenda — Também foram liberados nesta segunda-feira a estados e municípios os recursos para a merenda e o transporte escolares. São R$ 269,5 milhões do Programa Nacional de Alimentação Escolar (Pnae), referentes à terceira parcela, para atender 43,5 milhões de estudantes matriculados em creches, pré-escola, ensino fundamental e médio e turmas de educação de jovens e adultos.

Do total, R$ 170,9 milhões destinam-se a redes municipais e R$ 98,6 milhões a estaduais. O orçamento do programa para este ano é de R$ 3,3 bilhões. Os recursos são transferidos em dez parcelas mensais, considerados 200 dias letivos.

Transporte — Do Programa Nacional de Apoio ao Transporte do Escolar (Pnate), o repasse chega a R$ 64,2 milhões. O dinheiro chega a estados e municípios em nove parcelas, entre março e novembro, para atender estudantes da educação básica residentes na zona rural. A transferência é automática, sem necessidade de convênio, e destina-se ao custeio de despesas com consertos mecânicos, combustível e terceirização do serviço de transporte escolar, entre outras. O orçamento do programa para este ano é de R$ 644 milhões. 
 
MEC
Posted by Marcus Vinicius Cunha de Souza
Tag :

Sugestão Musical: Elvis Presley e Pet Shop Boys

Bom, a razão dessa sugestão musical ter dois artistas, diferentemente das outras vezes, é por causa da mesma música que ambos tocam: "Always on my mind". Ela foi gravada originalmente por uma cantora chamada Brenda Lee, mas ficou imortalizada na voz do Rei do Rock, Elvis Presley, que dispensa apresentações. A voz de Elvis é magnífica nessa interpretação.
No entanto, conheci essa música na minha infância, através da interpretação da dupla pop Pet Shop Boys, que estourou nos anos 80, com essa versão e ainda as músicas "Domino Dancing" e "It's a Sin". Inclusive a versão dos Pet Shop Boys é que tornaram essa música conhecida no Brasil.
Assim sendo, vamos conhecer as duas versões. Aproveitem!
Posted by Marcus Vinicius Cunha de Souza

Professores do Colégio Modelo decidem retornar às aulas

Após contatos e reuniões, os professores do Colégio Modelo decidiram em maioria, nessa segunda feira, retornar às aulas.

Assim sendo, os professores do Colégio Modelo convocam todos os alunos para juntos darem reinicio ao ano letivo nessa quarta feira, 02/05.

Em tempo, avisam que a reposição das aulas será feita se o governo se pronunciar em relação a reposição salarial.
Posted by Marcus Vinicius Cunha de Souza

Olimpíadas de matemática abrem portas para estudantes brasileiros

Os vencedores da Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (Obmep) e da Olimpíada Brasileira de Matemática (OBM) de 2011, em encontro com o ministro da Ciência, Tecnologia e Inovação, Marco Antonio Raupp, consideram as competições um incentivo para a escolha de uma profissão e, também, para estimular o da matemática no Brasil.

Pentacampeão da Obmep, Guilherme Fernandes, de 18 anos, é estudante de engenharia mecânica do Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA). Para ele, a olimpíada "não é simplesmente uma prova, tem a premiação, envolve todo um contato maior com a academia, com os professores e com a matemática, mais a fundo”. Foi justamente por causa das olimpíadas que ele decidiu cursar engenharia.

Campeão da OMB, o estudante João Lucas, cearense de 17 anos, ainda não decidiu qual carreira seguirá, mas já tem vaga garantida no prestigiado Massachusetts Institute of Technology (MIT), instituição dos Estados Unidos referência mundial na área de tecnologia. Para João, a participação em olimpíadas de matemática no Brasil e no exterior abriu muitas portas para ele e melhorou o currículo.

“A participação de estudantes brasileiros em competições em outros países é um sinal de que o Brasil está lutando para brigar com países de primeira linha na matemática”, disse João, que já participou de competições de matemática na Holanda e na Romênia (onde ganhou título inédito para o Brasil), além de ficar com a medalha de ouro na Olimpíada de Matemática do Cone Sul.

No ano passado, 18 milhões de alunos representando mais de 44 mil escolas da rede pública participaram da Obmep, competição para alunos do ensino médio e do 6º ao 9º ano do ensino fundamental. Os vencedores ganharam bolsa de iniciação científica júnior do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq). Já a OMB teve, no ano passado, a participação de mais de 190 mil alunos de 5,3 mil escolas das redes pública e privada, representando 155 mil instituições de ensino. As informações são Agência Brasil. (Correio)
27 de abril de 2012
Posted by Marcus Vinicius Cunha de Souza
Tag :

Professores grevistas não vão repor aulas na rede estadual, afirma APLB

Se houver corte dos salários, os professores não vão repor as aulas perdidas durante a greve e isso pode comprometer o ano letivo. A ameaça foi feita pelo presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Estado da Bahia (APLB), Rui Oliveira. “Eles vão ter que contratar quem reponha. A greve começou por causa do governo, que não cumpriu o acordo de garantir os 22,22% de reajuste”, afirmou ele.

“O governo diz que está aberto ao diálogo, mas os professores estão tendo os salários cortados, que diálogo é esse?!”. A Secretaria Estadual de Educação lembra que a suspensão de pagamentos está baseada na decisão do desembargador do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA), Gesivaldo Britto, que classifica a greve como ilegal e determina o retorno imediato dos professores. Informou também que fará um calendário de reposição de aulas para que os 200 dias letivos exigidos por lei sejam cumpridos.

Hoje, às 9h, os professores se reúnem nas dependências da Assembleia Legislativa, onde estão acampados desde o último domingo. No encontro, o sindicato promete fazer um enterro simbólico do governador. O governo argumenta que o reajuste pedido pelos professores não pode ser pago porque 44,01% do orçamento do Estado já está comprometido com folha de pessoal. Esse percentual subirá em agosto para 46,02% e a Lei de Responsabilidade Fiscal estabelece teto de 46% do orçamento para essa finalidade. “Queremos que o Governo mostre as contas para nossos auditores”, diz Oliveira.

Correio
Posted by Marcus Vinicius Cunha de Souza
Tag :

Cotas raciais nas universidades são constitucionais

As cotas raciais nas universidades são constitucionais. Por unanimidade, o Supremo Tribunal Federal (STF) julgou que as políticas afirmativas não violam o princípio da igualdade e não institucionalizam, como defendeu o Democratas, autor da ação julgada, a discriminação racial.
Os 10 ministros - Dias Toffoli não participou do julgamento - deram nesta quinta-feira o aval para que universidades brasileiras reservem vagas para negros e índios em seus processos seletivos e afirmaram que as ações afirmativas são necessárias para diminuir as desigualdades entre brancos e negros e para compensar uma dívida do passado, resultante de séculos de escravidão no Brasil. No caso específico julgado, o STF concluiu que a política de cotas estabelecida pela Universidade de Brasília (UnB) não viola a Constituição.
O mais aguardado dos votos foi dado pelo ministro Joaquim Barbosa, único negro a integrar o Supremo e que, na semana passada, disse ser vítima de racismo na própria Corte. "Na história não se registra na era contemporânea nenhuma nação que tenha se erguido da condição periférica a condição de potência política mantendo no plano doméstico uma política de exclusão, aberta ou dissimulada, pouco importa, em relação a uma parcela expressiva de sua população", afirmou Barbosa.
Na quarta-feira, o relator do processo, ministro Ricardo Lewandowski, já havia votado favoravelmente às políticas de cotas. O voto foi seguido pelos demais. "A construção de uma sociedade justa e solidária impõe a toda coletividade a reparação de danos pretéritos perpetrados por nossos antepassados", afirmou o ministro Luiz Fux, o primeiro a votar na sessão desta quinta-feira.
A ministra Rosa Weber afirmou que a disparidade racial no Brasil é flagrante e que a política de cotas não seria razoável se a realidade social brasileira fosse outra. "A pobreza tem cor no Brasil: negra, mestiça, amarela", disse Rosa Weber. "Se a quantidade de brancos e negros pobres fosse aproximada, seria plausível dizer que o fator cor é desimportante", acrescentou. Os ministros ressaltaram, no entanto, que a política de cotas deve ser temporária, até que essas disparidades sejam corrigidas. "As ações afirmativas não são a melhor opção, mas são uma etapa. O melhor seria que todos fossem iguais e livres", disse Cármen Lúcia.
O ministro Marco Aurélio Mello afirmou que a neutralidade estatal ao longo dos anos resultou em um fracasso. "Precisamos saldar essa dívida. Ter presente o dever cívico de buscar o tratamento igualitário", disse. Ele lembrou que quando presidiu o STF implementou um sistema de cotas para contratação de funcionários terceirizados. Apesar de votar favoravelmente às cotas, o ministro Gilmar Mendes ressaltou que a reserva de vagas para afrodescendentes pode gerar situações controversas. Na opinião do ministro, o ideal seria que a ação afirmativa fosse baseada em critérios sócio-econômicos. "Aqui permite-se uma possível distorção. Pessoas que tiveram um desenvolvimento educacional adequado sejam convidadas a trilhar caminho facilitário das cotas", disse. "Ricos que se aproveitam da cota, pervertendo, portanto, o sistema", completou.
Ele classificou como caricatural o estabelecimento de um "tribunal racial" que define se o candidato é ou não é negro, podendo adotar critérios contraditórios. Ele disse que esse órgão "está longe de ser infalível". Como exemplo, citou o episódio envolvendo gêmeos univitelinos. Um foi considerado negro e o outro branco para a política de cotas. Gilmar Mendes afirmou ainda haver problemas no Brasil em razão das dificuldades de acesso à universidade pública. De acordo com ele, as universidades públicas brasileiras geralmente oferecem poucas vagas. Na UnB, por exemplo, são cerca de 50 vagas no curso de direito por turno.
Para ele, uma saída seria expandir o número de vagas no sistema público de ensino. Mas isso levaria à necessidade de uma dotação maior de recursos. "Se tivéssemos vagas em número suficiente, essa tensão praticamente não existiria", afirmou. Joaquim Barbosa citou a experiência de outros países. Ele informou que em cidades como Nova York e Paris existem cerca de 15 universidades públicas.
Também a favor da adoção das cotas, o ministro Cezar Peluso disse que o sistema "é um experimento que o Estado brasileiro está fazendo e que pode ser controlado e aperfeiçoado". "Com o diploma, de algum modo está se garantindo o patrimônio educacional", afirmou Peluso. "O que as pessoas são e o que elas fazem depende das oportunidades e da experiência que elas tiveram para se constituir como pessoa", disse. "O mérito é critério justo. Mas apenas para os candidatos que tiveram oportunidades". Gilmar Mendes criticou o fato de a política adotada pela UnB ser baseada em critérios puramente étnicos e defendeu uma revisão do modelo daqui a dois anos.

A Tarde
Posted by Marcus Vinicius Cunha de Souza
Tag :

Canoa mais antiga do Baixo São Francisco é tombada e ganha prêmio do Iphan

O Rio São Francisco já foi o paraíso das canoas de tolda, embarcações criadas no século XIX com influências indígenas e europeias. Aos poucos, elas foram se adaptando à região mais baixa do rio, no Nordeste, e até os anos 1950 ainda transportavam alimentos, combustível e diversos materiais, como tijolos. No entanto, com a abertura de rodovias e a menor vazão do rio, acabaram perdendo importância econômica e foram desaparecendo. A última sobrevivente que ainda navegava em regime comercial, chamada Luzitânia, foi comprada em péssimo estado pela Sociedade Canoa de Tolda, que a restaurou e conseguiu seu tombamento pelo Iphan, em 2010. O projeto venceu a última edição do Prêmio Rodrigo Melo Franco de Andrade, também do Iphan, em 2011.
“As canoas e outras embarcações levavam várias riquezas do litoral para o interior e vice-versa, mas a memória desse período, com várias histórias, está se perdendo. Dizem que a Luzitânia foi construída na década de 1920. E canoeiros e moradores do povoado de Pão de Açúcar, em Alagoas, contam que nos anos 1930 ela foi usada até por Lampião, que ficou no Baixo São Francisco por um tempo”, diz Carlos Eduardo Ribeiro Júnior, projetista naval e presidente da Sociedade Canoa de Tolda.
Segundo ele, o restauro da Luzitânia não foi nada fácil. Levou cerca de dez anos, em grande parte por falta de recursos. Hoje, além de cuidar da conservação da canoa mais antiga do Baixo São Francisco, a Sociedade Canoa de Tolda realiza diversas atividades, como visitas guiadas e exibições de filmes utilizando a estrutura da embarcação. Outra iniciativa interessante é a Rota das Canoas, que organiza passeios com duração média de cinco dias desde o litoral até o sertão do Baixo São Francisco, com hospedagem na casa de moradores da região.
 
Revista de História
26 de abril de 2012
Posted by Marcus Vinicius Cunha de Souza

Universidade para Todos: inscrições encerram hoje

Encerra hoje (quinta-feira 26), o prazo para inscrições no Universidade para Todos, projeto de pré-vestibular gratuito do Governo do Estado que, neste ano, vai disponibilizar 22.840 vagas distribuídas em 158 municípios baianos. Em Salvador, o Universidade para Todos é ofertado em 29 locais. Entre o final de 2011 e o início de 2012, 1.337 estudantes do projeto conseguiram assegurar uma vaga no ensino superior. A inscrição é gratuita e será realizada exclusivamente pela Internet.
Podem concorrer às vagas os candidatos regularmente matriculados em 2012, no 3º ano do ensino médio regular seriado ou no 4º ano da Educação Profissional Integrada ao Ensino Médio da rede pública de ensino estadual e/ou municipal do Estado da Bahia e os que já concluíram desde que tenham cursado na rede pública municipal e/ou estadual no Estado da Bahia. Outras informações sobre os critérios estão dispoiníveis no edital 007/2012, disponível no Portal da Educação.
No momento da inscrição, o candidato deverá fazer opção pelo município, o local de funcionamento e o turno que deseja cursar. Terão prioridade os candidatos que tiverem os melhores aproveitamentos escolares, resultante do cálculo das médias finais obtidas nas disciplinas de Língua Portuguesa e Matemática, informadas pelo candidato no momento da inscrição.
O curso é presencial, com carga horária de 25 horas semanais. Os estudantes do programa são contemplados, ainda, com material didático, fardamento e isenção da taxa de inscrição em processos seletivos das universidades estaduais para aqueles que apresentarem frequência igual ou superior a 75% das aulas ministradas. O projeto é executado pelas quatro universidades estaduais: Uneb, Uefs, Uesc, Uesb e também pela UFRB. O candidato poderá esclarecer as dúvidas referentes à sua inscrição por meio do telefone 0800 285 8000, que funcionará de segunda a sexta-feira, das 8h30 às 12h e das 13h30 às 18h, ou pelo email upt@educacao.ba.gov.br.

SEC
Posted by Marcus Vinicius Cunha de Souza
Tag :

Veja o que muda com a aprovação dos projetos para os professores da rede estadual

 Da redação Correio

Insatisfeitos com a aprovação dos projetos de lei que estabelecem o piso salarial de R$ 1.690,70, os professores da rede estadual de ensino decidiram ontem, em assembleia, continuar o movimento grevista que hoje completa 16 dias sem aulas para mais de 1 milhão de estudantes. Os professores protestam contra as leis Nº 19.778/2012 e 19.779/2012, aprovadas anteontem na Assembleia Legislativa, que, na visão dos profissionais, prejudicam  a categoria.
Professores e governo têm interpretações opostas sobre os benefícios das leis aprovadas. Para o governo, a aprovação do projeto assegura o cumprimento do Piso Nacional da Educação para os 5.210 professores da rede estadual com formação em nível médio, chamados agora de ‘quadro especial’ – inclui professores com magistério, licenciatura de curta duração ou sem licenciatura. 
De acordo com o projeto, todos os benefícios recebidos hoje por esses professores ganhariam no contracheque o mesmo nome - ‘subsídio’ - com valor mínimo de R$ 1.659,70 (40 horas semanais), portanto, superior ao piso nacional de R$ 1.450.
A abrangência do projeto é o primeiro ponto de divergência. O texto aprovado contempla apenas os professores do  quadro especial (5 mil entre os 32 mil professores). Os trabalhadores reivindicam o cumprimento do acordo feito com o governo do estado em novembro de 2011, que daria um reajuste salarial de 22% para todos os professores. “Está difícil para todo mundo entender, mas não entramos em greve por causa dos projetos de lei e sim para que o governo cumpra o acordo feito”, explica Luciano Cerqueira, diretor de imprensa do Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Estado da Bahia (APLB).
Mudança O deputado estadual e líder do governo na Assembleia Legislativa, Zé Neto (PT), explica que o ex-presidente Lula encaminhou à Câmara dos Deputados o Projeto de Lei 3.776 propondo que o piso passasse a ser corrigido pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC), sendo aprovado em 27 de abril de 2011. Entretanto, em 15 de dezembro do ano passado, o projeto teve recurso apresentado pela deputada Fátima Bezerra (PT/RN) propondo a mudança da referência de reajustamento para o percentual de crescimento do valor anual mínimo a ser investido por aluno da 1ª à 4ª série da educação básica. A nova proposta acabou acatada pelo Senado Federal.
O acordo entre os professores e o governo da Bahia foi, portanto, feito antes da decisão do Senado Federal. “Quem iria prever que um projeto de lei enviado pelo ex-presidente Lula ao Congresso e aprovado por unanimidade em abril do ano passado garantindo o reajustamento pelo INPC fosse, no final de 2012, ter um revés do reajustamento de 22%?”, questiona Zé Neto. “É bom lembrar que a Bahia é o sexto salário médio do Brasil, pagando mais que São Paulo, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul e Paraná”, salienta.
Rendimentos Pelo projeto aprovado, professores especialistas, mestres ou doutores não terão aumento além dos 6,5% anunciados em março, retroativo a janeiro – igual a todos os servidores estaduais. A polêmica acontece porque, com os novos projetos, professores com menor qualificação podem ganhar mais do que os melhores qualificados.
Segundo a Secretaria da Administração do Estado (Saeb), o subsídio passa a ser uma forma de remuneração que engloba todas as vantagens dos professores, que deixam de ter no contracheque adicionais por tempo de serviço e outras gratificações, o que não
agrada aos profissionais em educação.
Na prática, a curto prazo, para os professores do ‘quadro especial’ que em 31 de dezembro de 2011 – data base de validade do projeto - ganhavam acima de R$ 1.690,70 não muda nada. No contracheque de maio virá discriminado como rendimentos R$ 1.690,70 de ‘subsídio’ mais um valor chamado de vantagem pessoal (na diferença entre o salário de dezembro e o subsídio).
Quem estava abaixo do valor do subsídio em dezembro passa a ganhar R$ 1.659,70. A medida, segundo a Saeb, vale para professores ativos, inativos e pensionistas.
Esses cargos do ‘quadro especial’ serão extintos  medida que os profissionais forem se aposentando, sendo definitivamente extintos até 31 de dezembro de 2016, prazo que os professores da ativa têm para se especializar. Segundo a Secretaria da Educação do Estado da Bahia (SEC), atualmente, 1.728 professores cursam licenciatura com apoio do governo, sendo 338 da carreira em extinção.
Posted by Marcus Vinicius Cunha de Souza
Tag :

Censo Escolar 2011: Raio X da Educação Básica no País


Censo Escolar 2011: Raio X da Educação Básica no País
Mais crianças matriculadas na Educação Infantil, aumento no número de alunos que conseguem ultrapassar os anos iniciais do Ensino Fundamental e queda no número total de matriculados na Educação Básica. Tudo isso distribuído em quase 200 milhões de estabelecimentos de ensino, onde mais de 50 milhões de alunos têm aulas com cerca de 2 milhões de professores.
Esses e outros aspectos compõem a atual situação do sistema educacional do Brasil. O diagnóstico é baseado no resumo técnico do Censo Escolar da Educação Básica 2011, divulgado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep) na semana passada. As informações são referentes a maio do ano passado, data limite para as escolas informarem seus dados ao órgão.
Os dados do Inep revelam uma diminuição de 577 mil matrículas na da Educação Básica entre 2011 e 2010 – o que significa uma queda de 1%. A interpretação que o órgão deu ao decréscimo é a acomodação do sistema, com melhoria nos índices da distorção idade-série do Ensino Fundamental.
A queda de 1%, segundo o consultor da Fundação Cesgranrio e especialista em desempenho escolar Ruben Klein, é fruto também de fatores demográficos. “O número caiu e deveria ter caído mesmo. Nesse quesito, o fator populacional vai ajudar o sistema nos próximos anos”, prevê. “Além disso, cada vez mais os alunos estão com a idade adequada à série, especialmente no primeiro ciclo do Ensino Fundamental.”
Posted by Marcus Vinicius Cunha de Souza
Tag :

Senado isenta alunos carentes da taxa de inscrição em vestibular federal

A Comissão de Assuntos Econômicos do Senado Federal aprovou, nessa terça-feira, o projeto de lei de autoria do deputado Fábio Souto (DEM-BA) que isenta da taxa de inscrição no vestibular de instituições federais de ensino os candidatos com baixa renda. A proposta favorece alunos que comprovarem ter renda familiar per capita igual ou inferior a um salário mínimo e meio (até R$ 933 por cada membro da família) e ter cursado o ensino médio completo em escola da rede pública ou como bolsista integral em escola privada. A matéria deve voltar à análise da Câmara, já que foi modificada durante a tramitação. Souto comemorou a aprovação. “Vamos favorecer o acesso de um número maior de estudantes ao ensino superior de qualidade. Com a isenção, essas pessoas carentes terão chances maiores de ingressar em uma universidade federal. Derrubamos uma das diversas barreiras enfrentadas por alunos carentes de todo o Brasil. Trata-se de uma medida essencial, que visa a favorecer a classe mais pobre, viabilizar e democratizar a educação no país”.

Política Livre
25 de abril de 2012
Posted by Marcus Vinicius Cunha de Souza
Tag :

Coordenador da APLB Sindicato fala sobre o andamento da greve dos professores

Posted by Marcus Vinicius Cunha de Souza

Concurso da Caixa corre risco de ser anulado por suspeita de fraude

O concurso da Caixa Econômica Federal para técnico bancário novo, realizado no último fim de semana, pode ser anulado. Investigadores da 4ª Delegacia de Polícia (Guará/DF) receberam denúncias de que provas que deveriam ter ido para Águas Claras e outros endereços, no último fim de semana, haviam sido desviadas e abandonadas em um terreno baldio. Nas caixas encontradas pelos policiais, havia o adesivo da organizadora do concurso, a Fundação Cesgranrio. Alguns envelopes ainda estavam com lacre. A previsão era de que 12 mil fossem contratados após o certame.

A seleção foi uma das mais movimentadas do ano, registrou 1,1 milhão de inscritos em todo o país. O certame oferecia oportunidades para formação de cadastro de reserva com salários de R$ 1,7 mil e era direcionado para pessoas com ensino médio completo. Além dos rendimentos, o edital trazia a possibilidade de participação nos lucros e resultados da instituição, oferecia plano de saúde e de previdência complementar, auxílio- alimentação e auxílio- cesta de alimentação. A jornada de trabalho seria de 6h diárias e 30 semanais. Os candidatos convocados iriam trabalhar com atendimento ao clientes e executar tarefas bancárias e administrativas.

Correio Web
Posted by Marcus Vinicius Cunha de Souza
Tag :

Comunicado dos professores do Colégio Modelo sobre a greve

Nota de Esclarecimento

Os professores do Colégio Modelo Luís Eduardo Magalhães informam aos alunos e à comunidade xiquexiquense, que após reunião realizada nas dependências da instituição, em 24/04 do corrente mês, ficou decidido que a greve continua em virtude do não cumprimento de acordos pré-estabelecidos entre o Governo do Estado da Bahia e o Sindicato os Professores da Bahia (APLB).

Em tempo. Os professores comunicam que as aulas serão repostas de modo a não causar prejuízos aos alunos, desde que o governo cumpra os acordos.
Posted by Marcus Vinicius Cunha de Souza

UEFS abre inscrições para o Vestibular 2012.2

O Reitor da Universidade Estadual de Feira de Santana, na forma do que dispõem a Lei nº. 9.394, de 20 de dezembro de 1996, o Decreto nº. 3.860, de 9 de julho de 2001, e o Regimento Geral da UEFS, atendendo às Resoluções CONSEPE 185/10 e 46/11, e a Resolução CONSU 034/06, que passam a integrar o presente Edital, torna público que as inscrições para o Processo Seletivo para Acesso ao Ensino Superior em 2012.2, estarão abertas no período de 26 de abril de 2012 até as 18 horas do dia 17 de maio de 2012.

Link para inscrições: http://www2.uefs.br:8081/prosel/

Diário Oficial
Posted by Marcus Vinicius Cunha de Souza
Tag :

Assembleia aprova projetos de reajuste dos professores sob protestos

Mesmo sob protestos, apitaços e gritos de guerra, a base governista da Assembleia Legislativa aprovou, por 35 a 19 votos, com duas abstenções, no início da madrugada desta quarta, 25, os dois projetos de lei, nº 19.778 e nº 19.779, que tratam do subsídio dos 5.210 docentes não licenciados e do reajuste de 3% e 4%, escalonados em 2012 e 2013, aos professores da rede pública do Estado, respectivamente. A diretora da APLB - Sindicato, Marilene Betros, afirmou para a reportagem que a greve continua – apesar de ser considerada ilegal pela Justiça.
A categoria, que mantém acampamento montado no salão da Assembleia, se reúne nesta quarta em local e horário a definir, para discutir os próximos passos do movimento antes da sanção das leis pelo governador Jaques Wagner.
Dos deputados da base governista, a bancada do PCdoB – Álvaro Gomes, Fabrício e Kelly Magalhães – se abstiveram do voto. O PCdoB comanda a APLB-Sindicato, além de ter como pré-candidata à Prefeitura de Salvador, Alice Portugal, que apoia publicamente a luta dos professores, segundo material da deputada federal que circulava nos corredores da Casa.
Além de Capitão Tadeu (PSB), que já havia anunciado seu voto em favor dos professores há semanas, a surpresa veio da deputada petista Luiza Maia, que votou contra o projeto, causando descontentamento não só no líder da maioria, Zé Neto (PT), como em outros deputados do PT. “Quer dizer que só ela sai de boazinha e ganha voto dos professores?”, comentou um deles, que preferiu não ser identificado.
Reajuste - Os professores pleiteiam cumprimento de acordo celebrado com o governo em 11/11/2011 no qual fica estabelecido que “o reajuste salarial do magistério da rede estadual do ensino fundamental e médio será o mesmo do piso salarial profissional nacional, nos anos de 2012 2013 e 2014”. De acordo com revelação do presidente da Assembleia, Marcelo Nilo (PDT), semana passada, Wagner não sabia do acordo.
O reajuste do piso nacional  foi de 22,22%, definido em Brasília, em data após o acordo citado. O governo alega que não tem dinheiro para bancar o reajuste na íntegra em 2012.
Até o ano passado, o reajuste era baseado no IPCA (Índice de Preço ao Consumidor), que ficou em 6,5%. Mas no dia 15/12/2011, a senadora Fátima Bezerra (PT-RN) apresentou projeto, aprovado pelo Senado, estabelecendo que o índice de reajuste do piso da categoria seria o mesmo do aplicado para reajuste per capita/ aluno do Fundeb. Esse, 2011 para 2012 foi de 22,22%.
“Estamos pagando por algo que não criamos. Os senadores aprovam, mas o governo federal não manda o dinheiro. Não é possível pagar os professores”, disse o líder governista Zé Neto (PT), enfatizando que, com os projetos aprovados ontem, a Bahia passa a ser um dos nove Estados da Federação a cumprir o piso nacional. O impacto dos 22% seria de R$ 412 milhões na folha que, se implementados, chegariam a 51% da Receita Corrente Líquida de gastos com pessoal, ultrapassando o limite permitido na Lei l, que é de 48%.

A Tarde
Posted by Marcus Vinicius Cunha de Souza
Tag :

Desembargador mantém liminar sobre ilegalidade da greve dos professores


Foi publicada, no Diário da Justiça da Bahia de hoje, decisão do desembargador Gesivaldo Nascimento Britto que indeferiu o recurso de agravo interposto pelo Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Estado da Bahia (APLB) para suspender a decisão liminar que declarou a ilegalidade da greve, decretada pela 5ª Vara da Fazenda Pública, no último dia 13. O desembargador fundamenta a sua decisão lembrando que, embora não se negue o direito de greve aos servidores públicos, tal direito, no entanto, não é absoluto. “A educação, embora não conste no rol dos serviços públicos elencados no art. 10 da Lei nº 7.783/89, figura este como sendo serviço de natureza essencial, na medida em que admitir a sua interrupção vai de encontro à garantia constitucional do ensino público regular e coloca em risco a qualidade da educação, podendo acarretar prejuízos irreparáveis ao interesse do Estado e da sociedade”, diz o desembargador na decisão.

Política Livre
24 de abril de 2012
Posted by Marcus Vinicius Cunha de Souza
Tag :

MEC promete triplicar matrículas em EAD e alcançar 600 mil alunos até 2014

João Carlos Teatini, diretor de Educação a Distância da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes)

João Carlos Teatini, diretor de Educação a Distância da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes)

O MEC (Ministério da Educação) tem o plano de triplicar o número de matrículas em cursos públicos de EAD (Educação a Distância) até 2014, passando dos atuais 210 mil alunos para 600 mil. O dado é do diretor de Educação a Distância da Capes (Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior), João Carlos Teatini, responsável pelo programa UAB (Universidade Aberta do Brasil). Entre os obstáculos, segundo o gestor, estão o preconceito e a resistência ao modelo e as dificuldades de conexão e falta de banda larga pelo país.
A UAB é um sistema integrado por universidades públicas de todo o país, que oferecem ensino superior a distância. Implantada no segundo semestre de 2007, ela dispõe de cursos de licenciatura, formação pedagógica, bacharelado, tecnólogo e sequenciais. Há também formação continuada nas modalidades de especialização, aperfeiçoamento e extensão, e o Profmat (Programa de Mestrado Profissional em Matemática em Rede Nacional). Atualmente, a UAB tem cerca de 11 mil professores formados em graduações e outros 16 mil concluintes.
Em entrevista ao UOL Educação, Teatini, que é engenheiro e professor da UnB (Universidade de Brasília), explicou que o programa tem duas prioridades: formação de professores, em caráter emergencial, e instalação de cursos com foco no desenvolvimento do país. Confira:
Posted by Marcus Vinicius Cunha de Souza
Tag :

Projeto sobre piso de professores será votado na assembleia nesta terça

O projeto de lei 19.776/2012 será votado nesta terça-feira (24) pela Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA). O projeto assegura o cumprimento do Piso Nacional da Educação para os professores de ensino médio e aumenta a remuneração destes professores para R$ 1.659,70 (40 horas semanais). Os professores acampam na assembleia desde o dia 18 para pressionar os deputados a não aprovarem o PL.
O projeto de lei foi apresentado no dia 12 de abril pelo Executivo estadual, um dia após o início da greve dos professores. Cerca de 1 milhão de alunos da rede estão sem aulas por conta da paralisação, apesar de na sexta-feira passada a Justiça ter declarado a greve ilegal e ter estabelecido multa de R$ 50 mil por dia parado.
“O projeto é ruim porque retira conquistas históricas da categoria, nivela por baixo e não por cima. Ela tira todas as vantagens que o professor tinha”, comentou Elza Melo, diretora do Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Estado da Bahia (APLB). A APLB teme que, se o projeto for aprovado, a nova remuneração exclua outras verbas remuneratórias ou reajustes que venham a ser concedidos pelo Piso Nacional do Magistério aos professores licenciados.

Correio
23 de abril de 2012
Posted by Marcus Vinicius Cunha de Souza
Tag :

No terceiro ano de Sisu, cursos de graduação a distância permanecem de fora

Os cursos superiores na modalidade a distância continuam fora do Sisu (Sistema de Seleção Unificada) para o segundo semestre de 2012, de acordo com o edital publicado no último dia 18 de abril. Também não estão incluídos no sistema cursos que exijam testes de habilidades específicas
No próximo Sisu, serão avaliados exclusivamente os resultados do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) de 2011. Ainda não há mais informações sobre como os estudantes devem proceder para participar do processo de seleção.
Isso porque as instituições interessadas em participar podem declarar interesse até o dia 27 de abril (sexta-feira). Para acessar o edital, clique aqui.
O Sisu existe desde 2009 e foi desenvolvido pelo Ministério da Educação. Com ele, as instituições públicas de ensino superior usam a nota do Enem como única fase de seu processo seletivo.

UOL
Posted by Marcus Vinicius Cunha de Souza
Tag :

UNEB divulga data do Vestibular 2013 e obras literárias sugeridas

O Centro de Processo Seletivo (CPS) da UNEB — antiga Comissão Permanente do Vestibular (Copeve) — comunica que a realização das provas do Vestibular 2013 da universidade está prevista para os dias 25 e 26 de novembro. A CPS também já divulgou as obras literárias que vão constar no conteúdo programático do processo seletivo, conforme a relação abaixo:
obras_vest-2013
Atenciosamente,
Romilda Costa Almeida
Coordenadora-geral da CPS
Posted by Marcus Vinicius Cunha de Souza
Tag :

Cesgranrio divulga gabaritos do concurso da Caixa

A Fundação Cesgranrio divulgou nesta segunda-feira (23) os gabaritos do concurso da Caixa Econômica Federal para formação de cadastro de reserva de técnico bancário novo (nível médio).Os gabaritos estão divididos em: conhecimentos básicos, conhecimentos específicos e tecnologia da informação.
O concurso teve seis tipos de provas para o cargo de técnico bancário novo e um tipo para técnico bancário novo - polos de tecnologia da informação. Os candidatos podem acessar os gabaritos na página inicial da Fundação Cesgranrio. Os cadernos de prova não foram divulgados.
O salário para técnico bancário novo é de R$ 1.744 para jornada de trabalho de 6 horas diárias, caracterizando 30 horas semanais.
O técnico bancário fará atendimento aos clientes e ao público em geral, efetuando operações diversas, executando atividades bancárias e administrativas, de forma a contribuir para a realização de negócios, possibilitando o alcance das metas, o bom desempenho da unidade e a satisfação dos clientes internos e externos.
As vantagens oferecidas são participação nos lucros e nos resultados; possibilidade de participação em plano de saúde e em plano de previdência complementar; auxílio refeição/alimentação; auxílio cesta/alimentação.
Inscritos
O concurso teve 1.086.513 candidatos. O número parcial, divulgado inicialmente pela Caixa, era de 1.086.514. Somente no estado de São Paulo são 181.799 inscritos (contando os candidatos da área de tecnologia da informação). Em seguida aparecem Minas Gerais com 107.198 candidatos, Paraná com 82.861, Rio de Janeiro com 78.789, Bahia com 71.652 e Rio Grande do Sul com 67.345.
Ficam asseguradas as admissões, conforme necessidade de provimento, dos candidatos classificados nos concursos públicos 2010 para o cargo de técnico bancário novo até o término de suas vigências, ou seja, 13 de junho de 2012, para RJ e SP, e 28 de junho de 2012, para os demais estados, ou até o esgotamento do cadastro de reserva no polo/macropolo de opção, prevalecendo o que ocorrer primeiro.
O concurso público terá validade de um ano, podendo ser prorrogado, a critério da caixa, uma única vez, por igual período, contado a partir da data de homologação do resultado final, prevista para 19 de junho.

G1
Posted by Marcus Vinicius Cunha de Souza
Tag :

Prorrogadas as inscrições para o pré-vestibular gratuito Universidade para Todos

A Secretaria da Educação do Estado da Bahia prorrogou até quinta-feira (26/4) as inscrições para o Universidade para Todos, projeto de pré-vestibular gratuito do Governo do Estado que, neste ano, vai disponibilizar 22.840 vagas distribuídas em 158 municípios baianos. Em Salvador, o Universidade para Todos é ofertado em 29 locais. Entre o final de 2011 e o início de 2012, 1.337 estudantes do projeto conseguiram assegurar uma vaga no ensino superior. A inscrição é gratuita e será realizada exclusivamente pela Internet, no Portal da Educação (www.educacao.ba.gov.br).
Podem concorrer às vagas os candidatos regularmente matriculados em 2012, no 3º ano do ensino médio regular seriado ou no 4º ano da Educação Profissional Integrada ao Ensino Médio da rede pública de ensino estadual e/ou municipal do Estado da Bahia e os que já concluíram desde que tenham cursado na rede pública municipal e/ou estadual no Estado da Bahia. Outras informações sobre os critérios estão dispoiníveis no edital 007/2012, disponível no Portal da Educação.
No momento da inscrição, o candidato deverá fazer opção pelo município, o local de funcionamento e o turno que deseja cursar. Terão prioridade os candidatos que tiverem os melhores aproveitamentos escolares, resultante do cálculo das médias finais obtidas nas disciplinas de Língua Portuguesa e Matemática, informadas pelo candidato no momento da inscrição.
O curso é presencial, com carga horária de 25 horas semanais. Os estudantes do programa são contemplados, ainda, com material didático, fardamento e isenção da taxa de inscrição em processos seletivos das universidades estaduais para aqueles que apresentarem frequência igual ou superior a 75% das aulas ministradas. O projeto é executado pelas quatro universidades estaduais: Uneb, Uefs, Uesc, Uesb e também pela UFRB. O candidato poderá esclarecer as dúvidas referentes à sua inscrição por meio do telefone 0800 285 8000, que funcionará de segunda a sexta-feira, das 8h30 às 12h e das 13h30 às 18h, ou pelo email upt@educacao.ba.gov.br.

SEC
22 de abril de 2012
Posted by Marcus Vinicius Cunha de Souza
Tag :

Sugestão Musical: Kool and the Gang


Kool and the Gang é uma banda americana que está na ativa desde 1969. Confesso que não conheço a carreira do grupo, somente seus maiores sucessos "Celebration", e essa que estou colocando pra vocês: "Cherish".
Esta música fez parte da trilha sonora da novela "Cambalacho", em 1986. Lembro-me que sempre que passava um trecho da música na novela, corria pra ouvir e "cantar" do meu jeito. Cresci sempre com essa música na cabeça e sem saber de quem era, para poder ouvir mais vezes. Um dia, baixei uma coletânea de músicas dos anos 80 e ela estava lá no meio. Bom, é devido a essas lembranças que estou sugerindo que vocês escutem "Cherish". Até a próxima!
Posted by Marcus Vinicius Cunha de Souza

Impasse entre governo e professores prejudica 1,1 milhão de estudantes

O governo do Estado da Bahia e o movimento sindical dos professores divergem sobre a legalidade do corte do ponto de grevistas. A falta de entendimento prejudica 1,1 milhão de estudantes e deve mudar o calendário das escolas estaduais, interferindo na rotina de milhares de famílias no Estado. O presidente da APLB – Sindicato, Rui Oliveira, afirma que haveria decisão no Supremo Tribunal Federal (STF) que daria amparo à tese da categoria. Para o secretário estadual de Administração, Manoel Vitório, o movimento foi julgado ilegal pelo Tribunal de Justiça e o ponto de quem não trabalha será cortado. “A contraprestação do salário é o trabalho e os descontos na folha de pagamento serão feitos para os professores que não trabalharem. Já os que estão dando aula, suas folhas correrão normalmente”. Ele informa que o professor que deixar a greve e começar a cumprir seu trabalho, voltará a ser remunerado..“Este reajuste vai causar um impacto de R$ 412 milhões na folha do governo que não pode cumprir estas expectativas por não ter recursos para tal”, declarou. (A Tarde)
20 de abril de 2012
Posted by Marcus Vinicius Cunha de Souza
Tag :

Câmara aprova presença de psicólogos e assistentes sociais nas escolas

Câmara aprova presença de psicólogos e assistentes sociais nas escolas
A Comissão de Seguridade Social e Família aprovou na quarta-feira (18) proposta que assegura atendimento por psicólogos e assistentes sociais a alunos das escolas públicas de educação básica. O texto aprovado é o substitutivo do Senado ao Projeto de Lei 3688/00.
Essa versão do Senado retirou da proposta aprovada anteriormente na Câmara a determinação de que o atendimento psicológico e assistencial deveria ser prestado por psicólogos do Sistema Único de Saúde (SUS) e assistentes sociais dos serviços públicos de assistência social. Pelo texto aprovado, as redes públicas contarão com equipes multidisciplinares próprias, sendo que algumas necessidades específicas de alunos poderão ser tratadas em parceria com o SUS.
O relator, deputado Arnaldo Faria de Sá, recomendou a aprovação da proposta, por considerar que as equipes multiprofissionais serão capazes de atuar tecnicamente na mediação das relações sociais e institucionais.
O projeto dá um ano, a partir da publicação da lei, para que os sistemas de ensino se adaptem à nova regra.
Tramitação
O substitutivo do Senado ainda será analisado pelas comissões de Educação e Cultura; e de Constituição e Justiça e de Cidadania, antes de ser incluída na pauta do Plenário.
19 de abril de 2012
Posted by Marcus Vinicius Cunha de Souza
Tag :

UESB (BA) libera sétima chamada do Vestibular 2012


Se você participou do Processo Seletivo 2012 da UESB (Universidade Estadual do Sudoeste da Banhia) e ainda não foi aprovado, chegou a hora de conferir a sétima chamada de aprovados. A lista está disponível no site www.uesb.br

As matrículas acontecem nos dias 25 e 26 de abril, na Secretaria de Cursos do campus em que o candidato foi aprovado.

Os documentos necessários podem ser acessados no Art. 2 desse mesmo Edital. Qualquer dúvida, ligue para (77) 3261-8612, em Itapetinga; (73) 3528-9654, em Jequié; ou (77) 3424-8661, em Vitória da Conquista.
Seja Bixo

Posted by Marcus Vinicius Cunha de Souza
Tag :

APLB-Sindicato realiza assembleia da categoria na AL. A greve continua, ainda mais forte

Os profissionais em educação da rede estadual de ensino reuniram-se em assembleia, na manhã desta quinta-feira, dia 19.
Estiveram presentes na Assembléia Legislativa da Bahia, representantes dos professores, funcionários, estudantes e lideranças sindicais da capital e do interior do estado, que debateram os rumos do movimento grevista.
Depois da votação, que decidiu pela continuidade da greve, que entrou hoje no oitavo dia, os educadores fizeram reuniões zonais, no próprio Centro Administrativo. Para o interior do estado, ficou decidido que o próximo passo do movimento é a ocupação das Diretorias Regionais de Educação (Direcs), nos moldes da que está em andamento na Assembleia Legislativa; divulgação nas feiras, nas Câmaras de Vereadores, e criação de grupos de estudos para estudar e perceber o quanto é nocivo o projeto do governo.
Nesta sexta-feira haverá reunião das zonais no saguão da Assembleia Legislativa, às 9 horas.
Reafirmando: o departamento jurídico da APLB-Sindicato já entrou com ação para derrubar a liminar do governo que solicitou a ilegalidade da greve e também para tornar nulo o corte de ponto. Foram apenas solicitações do governo – triste, para um governo eleito democraticamente – mas que não tem valor jurídico. Na próxima semana o Tribunal de Justiça da Bahia vai analisar a questão.
Para o final de semana, grandes ações do movimento estão sendo preparadas. Participe! Esta luta é de todos!
 
APLB Sindicato
Posted by Marcus Vinicius Cunha de Souza
Tag :

Governo da Bahia decide cortar ponto de professores em greve

A Secretaria da Educação da Bahia confirmou nesta quinta-feira (19) a decisão de cortar o ponto dos professores da rede estadual, retroativo ao dia 12 de abril, quando os docentes paralisaram as atividades em todo o estado. Para tanto, o órgão já solicitou às Diretorias Regionais a folha de frequência dos docentes. A medida, segundo a secretaria, obedece à decisão da Justiça que, na última sexta (13), decretou a ilegalidade do movimento, determinando a volta imediata ao trabalho, sob pena de pagamento multa diária de R$ 50 mil.
Entretanto, a determinação judicial não vem sendo cumprida e as aulas permanecem suspensas, atingindo cerca de um milhão de alunos em toda a Bahia. Segundo o presidente do APLB (Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Estado da Bahia), Rui Oliveira, a greve continua porque “é proibido cortar ponto de trabalhador em greve”.  Rui explica que uma súmula do STF (Supremo Tribunal Federal) proíbe o corte de salário do trabalhador público em greve.
A também diretora da APLB Marilene Betros acrescenta que um posicionamento do STF, ano passado, em favor de professores em greve no estado de Goiás, abriu precedente para o resto do país.    
Além disso, ela argumenta que a greve não pode ser considerada ilegal com base apenas em uma liminar. “O que o governo conseguiu foi uma liminar e nós já recorremos. É preciso aguardar o julgamento do mérito pelo Pleno do Tribunal de Justiça, que deve acontecer na próxima semana”, disse Betros. A sindicalista considera a decisão do governo “precipitada e arbitrária”.
Na APLB, não há perspectivas para o fim do movimento. “Continuamos acampados na  Assembleia Legislativa. Vamos ampliar a divulgação dos motivos que nos levaram à greve junto à comunidade nas feiras, mercados, pontos de ônibus e outros locais populares para que pais e alunos compreendam as nossas necessidades e nos apoiem”, completou.
Pelos cálculos do sindicato, 70% dos 45 mil professores estaduais baianos estão com os braços cruzados, enquanto a Secretaria de Educação diz que 40% das escolas localizadas no interior baiano estão funcionando normalmente.
Entre os itens reivindicados, os professores querem que o governo cumpra um acordo assinado em novembro de 2011, que prevê reajustes salariais de acordo com o piso nacional.
Em janeiro, o Ministério da Educação definiu um reajuste de 22,2% no piso. O governo do estado estabeleceu, porém, que o reajuste seria repassado até abril de 2013. A categoria quer que o pagamento seja imediato.
Pela manhã, os professores voltaram a se reunir em assembleia e decidiram manter a paralisação.

UOL
Posted by Marcus Vinicius Cunha de Souza
Tag :

Professores seguem acampados na Assembleia Legislativa da Bahia

Mais de mil Professores grevistas acampam no prédio da Assembleia Legislativa, localizado no Centro Administrativo da Bahia (CAB), em Salvador, durante a manhã desta quinta-feira, 19, para discutir a equiparação do piso da categoria ao determinado pelo Ministério da Educação (MEC)
A classe ocupa o local desde quarta, 18, e não tem previsão para abandonar o local. Os grevistas cercarm a entrada do prédio da Governadoria do Estado, o que fez com que a polícia instalasse uma barreira na frente do edifício.
Os professores protestam contra o que consideram uma quebra  no acordo do governo estadual do reajuste do Piso Nacional com percentual de 22,22%. Além dissso, eles alegam que a categoria sofreu um retrocesso pelo desestímulo ao aperfeiçoamento profissional, cobram, o que segundo eles, seriam justos aumentos salariais e pressionam deputados a não aprovar projeto do governo que acaba com benefícios de professores com nível médio.
Corte do ponto - Em nota oficial divulgada no site da Secretaria de Educação, o governo informou que "o piso para os professores com curso superior na Bahia é mais alto do que em estados mais desenvolvidos economicamente, como São Paulo e Rio, e que a categoria recebeu, nos últimos três anos, 30% de aumento salarial acima da inflação".
Além disso, a Secretaria de Educação do Estado informou que vai cortar o ponto dos professores grevistas, baseada na decisão da Justiça que, na última sexta-feira, decretou a ilegalidade da paralisação dos docentes.
A Secretaria emitiu comunicado convocando os professores a retornar às unidades de ensino imediatamente, mas a Associação dos Professores Licenciados da Bahia (APLB) entrou com uma liminar contra a decisão e ameaça manter a greve até que o reajuste seja concedido.
"Não tem greve ilegal, não existe greve ilegal. O que o governo conseguiu foi uma liminar, mas nós também estamos correndo atrás", disse Rui Oliveira, presidente do sindicato.
Os sindicalistas do APLB disseram que a adesão à greve é de 80% em todo o Estado. Eles afirmam que mais de um milhão de alunos estão sem aulas na Bahia.

A Tarde
Posted by Marcus Vinicius Cunha de Souza
Tag :

Caixa: Veja locais de prova para técnico

Os locais onde serão aplicadas as provas para o cargo de técnico do concurso da Caixa Econômica Federal já foram divulgados pela Cesgranrio. Os exames acontecerão no dia 22 de abril (domingo) – clique aqui para fazer a consulta individual no site da organizadora.

A função de técnico bancário novo tem como requisito o nível médio completo e o salário corresponde a R$ 1.744. De acordo com a assessoria de imprensa do órgão, 1.086.514 de candidatos se inscreveram para concorrer ao posto. Este quantitativo é preliminar, portanto, é possível que o número de interessados seja ainda maior.

O processo seletivo destina-se à formação de cadastro reserva. A Caixa também lançou um edital com vagas para advogado, engenheiro e arquiteto, carreiras de nível superior. Para estes cargos, as provas ocorreram no último dia 15 e os gabaritos já foram liberados (confira aqui).


JC Concursos 
Posted by Marcus Vinicius Cunha de Souza
Tag :

Aberta 15 vagas para Brigadista no PREVFOGO em Barra - BA

Aberta 15 vagas para Brigadista no PREVFOGO em Barra - BA
Será realizado o processo seletivo simplificado para provimento de vagas de Brigadista Chefe de Brigada, Brigadista Chefe de Esquadrão e Brigadista de Prevenção e Combate a Incêndios Florestais do PREVFOGO/IBAMA que atuará no município por um período de até 6 meses.
São 15 vagas: 1 para Brigadista Chefe de Brigada, 2 para Brigadista Chefe de Esquadrão e 12 para Brigadista de Combate.
Da Remuneração:
  • Brigadista de Combate a Incêndios Florestais: R$ 622,00;
  • Brigadista - Chefe de Esquadrão: R$ 933,00; e
  • Brigadista - Chefe de Brigada: R$ 1.244,00.
A Jornada de Trabalho será de 40 horas semanais em horários, turnos e escalas definidos pelo Prevfogo.
Das Inscrições:
A inscrição será realizada na Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Meio Ambiente e Turismo, Praça da Coligação Sanfranciscana, s/nº., CEP 47.100-000, durante o período de 4 a 27 de abril de 2012, entre as 7h30min e 13h.
A inscrição é gratuita, sendo vedada a cobrança de quaisquer tipos de taxas.

PCI Concursos
18 de abril de 2012
Posted by Marcus Vinicius Cunha de Souza
Tag :

Deputados votarão subsídio a professores até terça (24)

Os deputados aprovaram nesta terça (17) na Assembleia Legislativa a urgência na votação do Projeto de Lei 19.776, que transforma a remuneração de professores com titulação em ensino médio, licenciatura curta ou não licenciados em subsídio.
Com isso, o projeto deve ser votado até terça-feira (24). Apesar de o projeto também prever o aumento no salário desses profissionais (de R$ 1.451 para R$ 1.679,70), a categoria passou a tarde reunida na Assembleia tentando que a urgência não fosse aprovada.
“O projeto é ruim porque retira conquistas históricas da categoria, nivela por baixo e não por cima. Ela tira todas as vantagens que o professor tinha”, comentou a diretora do Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Estado da Bahia (APLB), Marilene Betros.  A APLB teme que, se o projeto for aprovado, a nova remuneração exclua  outras verbas remuneratórias ou reajustes que venham a ser concedidos pelo Piso Nacional do Magistério aos professores licenciados.
O projeto de lei foi apresentado no dia 12 de abril pelo Executivo estadual, um dia após o início da greve dos professores. Cerca de 1 milhão de alunos da rede estão sem aulas por conta da paralisação, apesar de na sexta-feira passada a Justiça ter declarado a greve ilegal e ter estabelecido multa de R$ 50 mil por dia que vale desde a última segunda-feira.  A categoria prevê se reunir hoje, às 9h, em frente à Governadoria. 

CORREIO
Posted by Marcus Vinicius Cunha de Souza
Tag :

UNEB quer excelência na pós-graduação; avanço é de 550% em 6 anos

Uma das prioridades da atual gestão da UNEB era investir na pós-graduação. Seis anos depois, a universidade já pode comemorar o avanço de 550% na área.
Se em 2006 a instituição oferecia somente dois cursos de mestrado, atualmente oferta nove mestrados e dois doutorados.
Com o objetivo de alcançar a excelência na pós-graduação, a administração central promoveu ontem (16) um encontro com os coordenadores dos programas de pós-graduação stricto sensu e os diretores dos respectivos departamentos, na Sala Nobre da Reitoria, Campus I, em Salvador.
O reitor Lourisvaldo Valentim comentou alguns desdobramentos do encontro: “Vamos produzir um diagnóstico sobre a pesquisa e a pós-graduação e definir uma agenda de ações específica para a área”.
Segundo o reitor, a cada 60 dias vão ocorrer reuniões gerais para a apresentação dos dados e balanço de cada programa.
Quem demonstrou otimismo em relação à periodicidade dessas reuniões foi o coordenador Osmar Moreira, do Programa de Pós-Graduação em Crítica Cultural (Pós-Crítica), oferecido no Campus II, em Alagoinhas.
“Essa é uma forma de estabelecermos um diálogo produtivo com a administração central. Nossas demandas não mais se acumularão, pois teremos um fórum específico para a pós-graduação”, pontuou Osmar.
Já a coordenadora Marluce da Guarda, do Programa de Pós-Graduação em Química Aplicada (PGQA), sediado no Campus I, considerou a reunião um momento histórico.
“Lembro que há seis anos a nossa necessidade era implementar programas. Hoje nossas perspectivas são outras”, observou Marluce.
O pró-reitor de Pesquisa e Pós-Graduação (PPG) da universidade, José Cláudio Rocha, salientou que a meta é aperfeiçoar a avaliação dos cursos de pós-graduação stricto sensu.
 “Daqui a um ano e meio se encerrará mais uma avaliação trienal. Como a pós-graduação é algo recente na UNEB, estamos em fase de consolidação”, frisou o pró-reitor.
A avaliação dos programas de pós-graduação, sob responsabilidade do Ministério da Educação (MEC), compreende um acompanhamento anual e uma avaliação trienal, que mede o desempenho de todos os programas e cursos que integram o Sistema Nacional de Pós-Graduação (SNPG).
“Essa reunião foi a demonstração de que a pós-graduação alcançará níveis ainda melhores, dialogando não somente com a PPG, mas também com as outras pró-reitorias e setores da administração”, completou José Cláudio.
Participaram ainda do encontro a vice-reitora e pró-reitora de Extensão (Proex), Adriana Marmori, além dos demais pró-reitores, diretores de departamento, assessores e gerentes.

UNEB
17 de abril de 2012
Posted by Marcus Vinicius Cunha de Souza
Tag :

Procuradoria recomenda corte de ponto de professores em greve na Bahia

A Procuradoria Geral do Estado recomendou o corte do ponto dos professores da rede estadual de ensino que estão em greve há 7 dias. De acordo com o procurador do Estado Caio Druso, responsável por pleitear na Justiça a liminar que considerou ilegal o movimento grevista, "o Governo não pode ficar de braços cruzados diante da greve" e deve fazer valer as normas estaduais e federais e cortar os pontos dos servidores durante o período.
"Em verdade, está ocorrendo o descumprimento da ordem judicial, tendo em vista que a liminar permanece em vigor, inclusive sujeitando o Sindicato ao agravamento da multa aplicada", disse o procurador Geral do Estado Rui Moraes em relação à tentativa dos professores de derrubar a liminar que considerou ilegal e abusiva a greve.

Caio Druso também acrescentou que, "do ponto de vista legal, é obrigatório obedecer a Lei da Greve e cortar o ponto dos servidores". A decisão caberá ao Governo do Estado, mas o procurador adiantou que a decisão favorável ao corte dos pontos já foi tomada.
Multa para sindicato
A liminar que determinou a ilegalidade da greve dos professores foi pleiteada pelo Governo do Estado da Bahia, através da Procuradoria Geral do Estado. Ela estabelece a multa diária no valor de R$ 50 mil para a Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Estado da Bahia (APLB) caso os professores e demais servidores da educação pública do Estado não retornassem às suas atividades normais a partir da última segunda (16).
Reajuste em 2012A categoria decidiu entrar em greve por tempo indeterminado depois de rejeitar a proposta do Governo de reajuste de 22% no piso salarial em parcelas até abril de 2013. Os professores, representados pela APLB Sindicato, pedem que pagamento do reajuste seja feito ainda em 2012.

CORREIO
Posted by Marcus Vinicius Cunha de Souza
Tag :

Campus de Irecê vai sediar semana de cinema; inscrições para trabalhos até quinta (19)

O brasileiro está frequentando mais o cinema. De acordo com o informe anual da Agência Nacional do Cinema (Ancine), sete lançamentos nacionais superaram a marca de um milhão de espectadores em 2011.
Diante do fortalecimento desta expressão artística, o Departamento de Ciências Humanas e Tecnologias (DCHT) vai sediar a I Semana de Cinema.
O evento, que acontece entre os dias 23 e 25 de abril, apresenta o tema O cinema brasileiro em perspectiva, cujo objetivo é discutir questões contemporâneas sobre o cinema nacional e seus desdobramentos com a literatura e outras linguagens.
Os interessados em apresentar trabalhos têm até a próxima quinta-feira (19) para realizar inscrições, com taxa de R$ 20. As demais modalidades de inscrições estão abertas até o dia do evento (23), com taxa de R$ 15.
As inscrições – que estão sendo realizadas no Núcleo de Pesquisa e Extensão (Nupe) do DCHT ou por meio do blog http://scinemaunebxvi.blogspot.com.br são gratuitas para funcionários da UNEB.
A conferência de abertura, intitulada O cinema brasileiro em perspectiva, será ministrada pelo professor do Centro Universitário Jorge Amado (Unijorge) Marcos Botelho.
A programação conta ainda com a participação de cineastas como Sandoval Dourado e Sólon Barreto. Estão previstas também as exibições do documentário Bahêa minha vida, dirigido por Márcio Cavalcante, e do filme Cidade de Deus, dirigido por Fernando Meirelles.
“Estamos em uma região da Bahia que não tem salas de cinema. Por isso é importante ver a UNEB promovendo um evento que contempla uma demanda de cinéfilos e apreciadores da sétima arte, além de abrir espaço para que os cineastas locais exibam seus trabalhos”, pontua o professor Joabson Figueiredo, coordenador do Nupe.
Informações: DCHT/Campus XVI – tel. (74) 3641-3503, nupe16@gmail.com e scinema.unebxvi@gmail.com.

UNEB
Posted by Marcus Vinicius Cunha de Souza
Tag :

Perfil

Minha foto
Marcus Vinicius Cunha de Souza
Visualizar meu perfil completo

Postagem em destaque

"O Bom filho à casa torna"

Boa noite meus amigos! Depois de mais de seis meses voltei a postar neste blog. Os motivos foram dos mais diversos: casamento, filho, co...

Frases

Poesia do Dia

Total de visualizações

Imagem do Dia

Seguidores Facebook

Seguidores

Seguidores G+

Concursos

Colégio Modelo de Xiquexique. Tecnologia do Blogger.

- Copyright © Colégio Modelo de Xiquexique -Metrominimalist- Powered by Blogger - Designed by Johanes Djogan -